Local

Meteorologia

19°
Hoje, 19 de Fevereiro

Opinião

Afonso Camões

No país dos Pikachu

O tempo corre, valha-nos Deus, como corre! Íamos a meio de 2016 quando um simples jogo para telemóveis pareceu enlouquecer o Mundo, prestes a acabar. Ocupou-nos horas e desoras de noticiários. Pessoas aos magotes, caminhando como zombies, invadiam praças, museus, estações, por vezes os lugares mais estranhos, à caça de Pokémon, Pikachu e outros monstrinhos virtuais que nos entraram pelo verão adentro. Em poucos dias, o videojogo da realidade aumentada foi carregado na memória de mais de 200 milhões de smartphones e fez disparar os lucros da sua empresa criadora, a japonesa Nintendo. Aqui e acolá houve acidentes e tumultos, e até as polícias emitiram advertências. Depois, aconteceu o previsível: passou o verão, acabaram-se as férias, voltaram horários e obrigações, a Nintendo caiu em bolsa, o Pokémon passou, como passam todas as modas. Os que só queriam provar a novidade acabaram por apagar a aplicação e substituí-la por outras mais recentes, nos telemóveis. Os verdadeiros jogadores, esses, continuam o jogo, ainda que fora ou atrás das câmaras.

A sua Opinião

Mário Centeno vai aguentar-se no Governo?

Evasões

ar livre

A avenida em Coimbra que se soube reinventar

Esta avenida de Santa Clara tem o nome de um estadista e jurisconsulto do século XIV, mas soube acompanhar os tempos. Quem a viu diz como a vê: mais viva, bonita e clara. Num par de anos, sofreu obras e encheu-se de negócios. Restaurantes, gelatarias e alojamentos deram sangue novo à rua, que concentra os estabelecimentos essencialmente num dos lados. Alguns já levam várias décadas de existência, outros acabam de nascer. Tradição e modernidade vão de braço dado pela calçada, com vista para o casario e a Torre da Universidade. A curta distância de atrações como o Portugal dos Pequenitos, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha ou o renovado Convento São Francisco, é o pouso ideal para recuperar energias. Seja à […]

Comer

Tábua Cheia entrega petiscos no Grande Porto

Basta ligar, encomendar e pedir a entrega para qualquer lugar da área metropolitana, tanto em casa como fora dela, que Joana Vieira entrega a tábua, talheres incluídos, no local e hora combinados, na zona do Grande Porto. Este é um novo serviço do catering DaJoana, que prepara e entrega comida para todas as finalidades, desde festas e piqueniques a refeições familiares e surpresas, incluindo pequenos-almoços. Os piqueniques podem ser pedidos, por exemplo, para um parque ou jardim ou para um espaço particular. Já a tábua de petiscos pode chegar cheia de enchidos e presunto, ou com queijos e compotas, ou ainda com frutos secos e sobremesas. Há ainda uma com vegetais e três molhos à escolha. Joana também preparar comida […]

Fim de semana

Lisboa: há um novo museu com raridades dentro do Técnico

Com mais de cem anos de existência, o Instituto Superior Técnico guarda tesouros, muitas vezes descobertos por acaso, em arrumações ou mudanças. Alguns deles estão a ser reunidos em espaços museológicos para que possam ajudar a contar a história da ciência. O mais recente é o Museu Faraday, no departamento de Engenheria Electrotécnica, situado na torre Norte do complexo universitário, em Lisboa. O novo espaço junta-se aos já existentes: o de Engenharia Civil, o Alfredo Bensaúde (geociências) e o Museu Décio Thadeu (geologia). Em sete pequenas salas estão reunidas peças que representam a evolução dos vários aspetos da utilização da eletricidade. Algumas não são simples de compreender, mas muitas outras fizeram parte do dia-a-dia - como o telefone, a rádio, […]

Comer

Porto: 10 sítios para beber e comer junto do Cinema Trindade

Pode-se entrar pela Rua Ricardo Jorge ou pela Rua do Almada. Essa é uma das novidades do Cinema Trindade, no Porto, reaberto desde domingo, 12, e com programação diária a partir do dia 16 de fevereiro. Lá dentro, o público vai defrontar-se com uma bela surpresa: duas salas renovadas e um corredor a ligar os dois acessos, Almada/Ricardo Jorge, onde ficam a bilheteira (também funciona como bar) e o bengaleiro. «Quisemos ser fiéis às memórias da sala», diz o gestor do espaço, Américo Santos, da Nitrato Filmes. Foi por essa razão que as antigas cadeiras foram restauradas, em vez de serem substituídas – «para conservar um certo charme», sublinha Américo. As obras ocuparam os últimos três meses e, depois de […]

Beber

Um bar (com nome de série dos anos 1980) no Bairro Alto

  O bar propõe dois ambientes distintos. Um mais intimista, que é o pub, espaço no qual se pode ficar ao balcão e ver desporto na televisão, à boa moda de pub britânico. E há outra área, que serve de discoteca, mas que é mais do que isso. «Na realidade é um espaço cultural. No verão, com maior afluência de público, pretendemos que os espetáculos sejam mais recorrentes e passem também pela stand-up comedy e até pelo teatro», diz Helena Pereira, a responsável do espaço. Ao contrário do que o nome possa sugerir, não há ligação direta à famosa série televisiva dos anos 1980 «Cheers – Aquele Bar», cuja história decorria dentro de um bar de Boston. «Gostámos do nome […]