Julgamento Casa Pia
 
 

Hugo Marçal diz que anulação da sua condenação foi decisão "menos má"

Publicado

 

O advogado Hugo Marçal considera "menos má" a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) anunciada, esta quinta-feira, de anular a sua condenação a seis anos e dois meses de prisão, no processo Casa Pia.

 
foto Global Imagens/Arquivo
Hugo Marçal diz que anulação da sua condenação foi decisão "menos má"
Hugo Marçal (ao centro)
 

"Não considero que seja uma vitória. Foi uma decisão menos má", mas "não me parece que seja uma decisão tão favorável assim", afirmou a jornalistas em Elvas, onde reside.

Marçal havia sido condenado por abuso sexual de menores numa casa em Elvas, parte do processo anulada pelos juízes do TRL que julgaram o recurso da condenação em primeira instância do processo de pedofilia que teve como vítimas ex-alunos da Casa Pia de Lisboa.

Os restantes cinco arguidos viram confirmada a condenação a penas de prisão.

"Agora tenho mecanismo de defesa que não tinha antes, quer do ponto de vista factual, quer do ponto de vista jurídico", acrescentou, garantindo: "Estou munido de armas que não detinha anteriormente".

"Tenho a liberdade de arrolar novas provas, novas testemunhas, corrigir alguns erros que eventualmente foram cometidos pelas defesas de forma inadvertida", precisou.

Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
 
 
FERRAMENTAS
ESTATÍSTICAS
Patrocínio

 
1ª Liga
1|Benfica52
2|Sporting52
3|FC Porto46
4|Braga39
5|V. Guimarães31
6|P. Ferreira30
7|Rio Ave29
8|Arouca28
9|V. Setúbal26
10|Belenenses25
11|Estoril23
12|Moreirense23
13|U. Madeira23
14|Marítimo22
15|Nacional21
16|Boavista20
17|Académica18
18|Tondela10

Serviços


15º 13º
HOJE, 12 de Fevereiro

Amanhã15º |10º
Domingo11º |
Segunda12º |
Terça13º |

 




Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled
 
Email Marketing Certified by E-goi