JN
Diretor Interino
Alfredo Leite

O Porto no Mundo pela mão da arquitectura

Publicado

 

Nicolau Nasoni, John Carr, Gustav Eiffel, Teófilo Seyrig, Barry Parker, Giovanni Muzzio, Marcello Piacentini, Robert Auzelle, Manuel Sollà-Morales ou Rem Koolhas são alguns dos mais notáveis arquitectos estrangeiros que, nos últimos dois séculos, deixaram a sua marca no Porto. Significa, isto, que o Porto foi, e ainda é, uma cidade que muitos causticam como provinciana nos comportamentos mas que, na realidade, se afirma tranquilamente cosmopolita nos seus actos, aberta ao Mundo e capaz de lidar com outras formas de pensar e de se pensar a si própria. Em muitos casos, as obras que realizou atingiram mesmo o sublime e foram já elevadas à rara categoria de "ícones" da cidade como acontece com a torre de Nasoni e a ponte de Eiffel. Como se sabe, Nasoni desenhou, em 1748, a belíssima Igreja dos Clérigos, cuja imponente torre é um dos símbolos maiores da cidade, e Eiffel projectou e dirigiu as obras da Ponte de D. Maria, entre 1876/1877. Trata-se, igualmente, de outro dos emblemas do Porto e, sem dúvida, de uma das mais belas e celebradas pontes do Mundo. Contudo, não muito longe, no espaço e no tempo, uma outra, a originalíssima e também monumental Ponte de Luís I (1886), é igualmente metálica mas de dois tabuleiros, é oriunda do traço de outro estrangeiro que foi o belga Teófilo Seyrig e identifica também a cidade.

Mas, a obra de estrangeiros (notáveis) na cidade, não fica por aqui. Com efeito, ainda no século XVIII e ao mesmo tempo que Nasoni concebia a igreja e a sua torre, outro estrangeiro, o inglês John Carr, era chamado a desenhar o monumental Hospital de Santo António (1779), implantado ali muito perto e, seguramente, um dos mais belos e notáveis edifícios que a cidade construiu. Depois, e já com a República implantada, as primeiras vereações republicanas da edilidade portuense lançam mãos à obra que se destinava a marcar a mudança política com a consequente e desejada modernização da cidade que se consubstanciava na abertura da Avenida dos Aliados, em substituição e prolongamento, para Norte, da sereníssima Praça Nova, onde hoje é Praça da Liberdade e onde se localizava, até então, a sede do Município. Para isso, e uma vez mais, a cidade chama um estrangeiro, o inglês Barry Parker, que projecta o novo centro cívico do Porto, ainda que a forma definitiva, e até mais arrojada e generosa, lhe venha a ser dada já por arquitectos portugueses como Marques da Silva e Correia da Silva.

Depois, já em tempo de Estado Novo (1930/40) e no âmbito das boas relações que o regime detinha com a Itália de Mussolini, são chamados a trabalhar em Portugal mais dois arquitectos estrangeiros: os italianos Giovanni Muzzio e Marcello Piacentini. Ocupam-se, então, dos planos de expansão da cidade, propondo novos traçados que rasgam a sua compacta e antiga malha urbana, dando novos horizontes à importante rede de lugares e edifícios monumentais que a estruturam. Ainda em tempo de ditadura, mas já nos anos 50 e 60, é, de novo, um estrangeiro, o urbanista francês Robert Auzelle, que vai assumir o encargo de elaborar o Plano Director da cidade (1963), segundo o qual o Porto finalmente se organiza até que um novo plano o irá substituir, já na década de 90. Então, mais dois arquitectos estrangeiros vão deixar na cidade a marca do seu cosmopolitismo. Um, é o catalão Solà-Moralles (1997) que irá dar corpo ao ambicioso projecto de ligação do Parque da Cidade ao mar, desenhando, para o efeito, e para além do Edifício Transparente, o esbelto viaduto que o ampara e o subtil passeio marítimo da Avenida de Montevideu que lhe dá sequência. O outro, é o arquitecto holandês Rem Koolhas que, por via do concurso internacional aberto pela "Porto 2001", vai projectar e construir a impressionante Casa da Música (1998), que constitui, já hoje, um dos mais impressivos sinais da modernidade da cidade que, com a obra de Siza - afinal, o mais "estrangeiro" dos arquitectos portugueses - coloca o Porto e Portugal nas rotas da arquitectura do Mundo.

ImprimirImprimirEnviarEnviarEstatísticas
Partilhar
 [?]
 
 
 

Campismo confortável

VER VÍDEO




Cão foi eleito "mayor" numa pequena cidade dos EUA
Os habitantes de uma pequena cidade do Minnesota, nos Estados Unidos, elegeram como autarca um cão. Duke tem sete anos...

Quem vence as primárias no PS?

António Costa
António José Seguro
 

 

Descoberta nos Açores planta única no mundo

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves anunciou esta quinta-feira a descoberta de vários exemplares no Corvo de uma planta que, em todo o mundo, só existe em duas ilhas açorianas e de que não havia registos desde 2012.

   
 
Mais Notícias

Bombeiro soterrado ao salvar criança no Japão

As operações de busca por mais de 50 pessoas desaparecidas foram suspensas, esta sexta-feira, devido ao receio de novos deslizamentos de terras no Japão. Um bombeiro morreu soterrado quando tentava colocar em segurança uma criança de três anos. Autoridades ordenaram a evacuação de 4300 pessoas.

Segunda noite de Paredes de Coura fecha com festa dos Franz Ferdinand

Tiago Rodrigues Alves
Há uma diferença entre dar um concerto e dar um espetáculo. Os Franz Ferdinand sabem-no e por isso o fim da segunda noite do Vodafone Paredes de Coura foi marcado pela alta qualidade e pelo clima de festa. As mais de 25 mil pessoas que estiveram no recinto saíram de ouvidos cheios graças ao rock dançante e bem ritmado dos escoceses.

Costa exige reação da direção sobre "pouca vergonha" na questão do PS/Braga

O candidato às primárias do PS António Costa disse, esta quinta-feira, sobre as denúncias de irregularidades com quotas no PS/Braga, que "a única forma" de acabar com "a pouca vergonha" é a "direção do partido dizer publicamente quem pagou".

Automóvel de candidato socialista assaltado

O automóvel de Joaquim Barreto foi assaltado, na quinta-feira, enquanto o ex-presidente da distrital de Braga do PS dava uma conferência de Imprensa na sede do partido. Barreto diz que lhe roubaram o telemóvel onde tinha "todos os contactos" e um iPad.

Nacional derrotado pelo Dínamo MInsk na Bielorrússia

Adriano Rocha
O Nacional perdeu, esta tarde de quinta-feira, com o Dínamo Minsk, por 2-0, em jogo da primeira mão do play-off da Liga Europa.

NASA deteta na atmosfera poluente proibido há 30 anos

A agência espacial norte-americana NASA detetou na atmosfera, numa quantidade inexplicável, tetracloreto de carbono (CC14), substância química que destrói a camada de ozono e proibida no mundo há cerca de 30 anos.


Dossiês

Viseu a património da humanidade
Viseu a património da humanidade

/Dossies/dossie.aspx?dossier=Viseu a património da humanidade

Português atual
Português atual

/Dossies/dossie.aspx?dossier=Português atual



Cartoon Elias o sem abrigo, de R. Reimão e Aníbal F

Especiais


Multimédia
Blogues
Inquérito



BT Edições Multimédia
Continente Uva d'Ouro - JN 300x100

Cofidis Agosto - JN 300x100 (09-24 Agosto)
Últimas
+Lidas
+Comentadas
+Pesquisadas
 

Futebol

Vídeos da Liga
Liga Zon Sagres
Classificação
Resultados
Próxima Jornada
1 - Sp. Braga (3)
2 - Belenenses (3)
3 - V. Guimarães (3)
4 - Benfica (3)
5 - FC Porto (3)
6 - Rio Ave (3)
7 - Moreirense (3)
8 - Académica (1)
9 - Arouca (1)
10 - Estoril (1)
11 - Sporting (1)
12 - Nacional (0)
13 - Gil Vicente (0)
14 - Penafiel (0)
15 - Marítimo (0)
16 - P. Ferreira (0)
17 - V. Setúbal (0)
18 - Boavista (0)

Serviços


TEMPO Dados fornecidos por Wunderground
  • 22ºC
  • 13ºC
  • HOJE
  • 23ºC
  • 14ºC
  • AMANHÃ

 

destaque conselhoeditorial
banner Barómetro Tomar o pulso ao país
Economia Social


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled