JN
Diretor Interino
Alfredo Leite

Nós só queremos Lisboa a arder

Publicado

 

Nós não queremos mesmo Lisboa a ser consumida pelas labaredas. O que nós queremos é dizer, em voz bem alta, que estamos fartos de ser chulados.

Há alguns anos (não muitos), com os ânimos incendiados pela vã tentativa do estado-maior benfiquista de quebrar a hegemonia portista com manobras na secretaria, esteve em voga a palavra de ordem "Nós só queremos Lisboa a arder".

A provocação não caiu no goto da generalidade dos residentes na capital, pelo que amiúde alguns lisboetas, meus amigos ou conhecidos, perguntavam-me se também eu achava bem a ideia de pegar fogo à sua cidade.

"Não. Lisboa é uma bela cidade. O que defendo é o uso de uma bomba de neutrões, de modo a preservar o magnífico património edificado". Foi esta a resposta que formatei para dar nessas ocasiões. Quando a pergunta não é séria, sinto-me desobrigado de responder a sério.

Neste novo século, trabalhei oito anos em Lisboa, uma das mais bonitas cidades do Mundo, pela qual é muito fácil uma pessoa ter uma paixão fugaz e à primeira vista.

Estou imensamente feliz por o JN me ter proporcionado voltar a viver na cidade que amo e onde nasci, mas não posso negar que, de vez em quando, ainda sinto uma pontinha de saudade de alguns pequenos prazeres que Lisboa pode oferecer, como um fim de tarde no miradouro da Graça, petiscar ao almoço uma sanduíche de rosbife e um copo de branco no terraço do Regency Chiado, ou tomar o café matinal na esplanada da Ponta do Sal, em S. Pedro do Estoril.

Quando alguém é incapaz de diferenciar se estamos a falar em sentido estrito ou figurado, geram-se situações embaraçosas e terríveis mal-entendidos. Ninguém quer mesmo Lisboa a arder. O que queremos a arder, num fogo purificador, é a governação centralista que empobrece o Norte e desgraça o país.

O modelo centralista de pôr todas as fichas em Lisboa, partilhado por todos os partidos do arco da governação, é o responsável por 2000-2010 ter sido a pior década de Portugal desde 1910-20 - anos terríveis em que vivemos uma guerra mundial, golpes de Estado e a epidemia da gripe espanhola.

Na primeira década deste século, o crescimento médio anual da nossa economia foi de 0,47%, apesar do afluxo diário médio de seis milhões de euros de Bruxelas, que valiam todos os anos 2% do PIB.

Já ultrapassado pelo Alentejo e Açores, o Norte é a região mais pobre do país, apesar de ser a que mais contribui para a riqueza nacional, com 28,3% do PIB, logo a seguir a Lisboa e Vale do Tejo, com uns 36% enganadores, já que aí está contabilizada a produção feita noutras partes do país pelas grandes companhias nacionais e multinacionais com sede na capital.

Quando leio (ver página 2) que ao abrigo do famoso efeito de dispersão - uma vigarice inventada para desviar para Lisboa fundos comunitários - dinheiro destinado às regiões mais pobres está a ser usado pelos serviços gerais e de documentação da Universidade de Lisboa, dá-me vontade de ir para a rua gritar "Nós só queremos Lisboa a arder".

Não. Nós não queremos mesmo Lisboa a ser consumida pelas labaredas. O que queremos é dizer que estamos fartos de ser chulados e já é tempo de impedir que Portugal continue a arder em lume brando, por culpa de governantes incompetentes ou corruptos.

ImprimirImprimirEnviarEnviarEstatísticas
Partilhar
 [?]
 
 

Mais artigos de opinião do mesmo autor

 
 

Serra d'Arga pronta a receber milhares de corredores

VER VÍDEO




Ciclistas exibem com orgulho polémico equipamento
A equipa de ciclismo feminina colombiana da Bogotá Humana exibiu, esta quinta-feira, com orgulho o seu equipamento, que...

Quem deveria ser selecionador nacional?

Fernando Santos
Jesualdo Ferreira
José Peseiro
outro
 

 
foto Olga Costa/JN

Condutor encarcerado após despiste em Barcelos

Olga Costa
Um jovem de 23 anos sofreu ferimentos ligeiros depois de o carro em que seguia ter capotado numa curva, na freguesia de Galegos Santa Maria, em Barcelos. O condutor, o único ocupante do Renault, teve que ser desencarcerado, mas manteve-se sempre consciente e cooperante com os meios de socorro.

   
 
Mais Notícias

Referendo na Escócia com participação elevada

Os primeiros números oficiais de participação no referendo da Escócia foram esta sexta-feira de 84% nas Ilhas Órcades, no extremo norte, e 89% em Clackmannanshire, no centro da Escócia.

Mourinho responde a Jesus e diz que procura "não agredir a gramática"

Rui Farinha
José Mourinho, treinador do Chelsea, respondeu, nesta quarta-feira, durante uma entrevista à TVI, a Jorge Jesus, que o acusou, ainda que de forma indireta, de não conhecer o médio Anderson Talisca. "Não leio Dumas. Tenho uma vida e um nível cultural diferente, procuro educar-me para, mais tarde, não ser acusado de agredir a gramática", realçou.

PJ interessou-se "particularmente" por documentos de 2013 na Câmara de Gaia

A Câmara de Gaia indicou, esta quinta-feira, que a Polícia Judiciária foi às suas instalações em julho para recolher documentos "particularmente" sobre 2013, último ano do anterior mandato, precisando que não se tratou de buscas a coberto de mandado judicial.

Novo Banco ignora proposta mais alta da Zurich para a Tranquilidade

O grupo Zurich estava interessado emcomprar a Tranquilidade e até por um valor acima do que foioferecido pelos americanos da Apollo Global Management - 215milhões de euros. O grupo segurador suíço chegou a transmitir essaintenção ao Novo Banco e ao Instituto de Seguros de Portugal (ISP)mas não obteve uma reação. Um cenário que a Espírito SantoFinancial Group (ESFG), que detém a Tranquilidade através daPartran, lamenta que tenha acontecido.

Joias de Wallis Simpson vão a leilão

A.C.
A pulseira e o alfinete de peito de ouro amarelo cravados a ónix, diamantes e esmeraldas, foram comprados por Eduardo VIII, duque de Windsor, no final dos anos 50, para oferecer à sua mulher, Wallis Simpson, quando viviam no exílio em França, após a sua controversa abdicação ao trono inglês.

Ébola já matou 2.630 pessoas

A febre hemorrágica Ébola fez 2.630 mortos em 5.357 casos registados na África ocidental, segundo o mais recente balanço da Organização Mundial de Saúde.


Dossiês

Viseu a património da humanidade
Viseu a património da humanidade

/Dossies/dossie.aspx?dossier=Viseu a património da humanidade

Português atual
Português atual

/Dossies/dossie.aspx?dossier=Português atual


Cartoon Elias o sem abrigo, de R. Reimão e Aníbal F

Especiais


Multimédia
Blogues
Inquérito



Continente Uva d'Ouro - JN 300x100
BT Edições Multimédia
Cofidis 300x100 01 a 30 Setembro

Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN
Últimas
+Lidas
+Comentadas
+Pesquisadas
 

Futebol

Vídeos da Liga
Liga Zon Sagres
Classificação
Resultados
Próxima Jornada
1 - Rio Ave (10)
2 - V. Guimarães (10)
3 - Benfica (10)
4 - FC Porto (10)
5 - Marítimo (9)
6 - Sp. Braga (7)
7 - Belenenses (7)
8 - Sporting (6)
9 - Moreirense (5)
10 - Arouca (4)
11 - P. Ferreira (4)
12 - Estoril (4)
13 - V. Setúbal (4)
14 - Nacional (3)
15 - Boavista (3)
16 - Académica (2)
17 - Gil Vicente (1)
18 - Penafiel (0)

Serviços


TEMPO Dados fornecidos por Wunderground
  • 22ºC
  • 17ºC
  • HOJE
  • 23ºC
  • 16ºC
  • AMANHÃ

 

destaque conselhoeditorial
banner Barómetro Tomar o pulso ao país
Economia Social


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled