Por que razão morreu John Lennon?

 | 31.07.2008 - 00:30
Estreia hoje, em Portugal, "Capítulo 27 - O assassinato de John Lennon", sobre a morte do ex-Beatles, mais de um quarto de século depois e após a libertação do assassino. Aí está a dramatização da morte do lendário músico e compositor.
 

A 8 de Dezembro de 1980, o Mundo foi abalado pela morte de John Lennon. Os Beatles, separados meia dúzia de anos antes, não mais se reuniriam. Mas a morte de Lennon, inelutável como a de qualquer ser humano, mesmo os que atingem a dimensão do mito, não foi natural, como seria a de George Harrison, anos mais tarde, vencido pela doença. Lennon foi assassinado, à porta de casa, por um fã psicopata. Um dos encontros mais trágicos, no mundo do espectáculo, entre as estrelas e aqueles que, por vezes, não sabem conviver com a paixão pelos seus ídolos.

Com base no livro de Jack Jones, "Let me take you down", o argumentista e realizador Jarrett Schaefer assina "Capítulo 27 - O assassinato de John Lennon", mostrando-nos como foi a vida de Mark David Chapman, nos dias que antecederam o puxar de gatilho fatídico, em frente ao apartamento nova-iorquino onde Lennon vivia com a companheira, Yoko Ono, para muitos uma das principais causadoras da separação dos "quatro de Liverpool".

O filme é, pois, mais sobre o assassino do que sobre Lennon. Mais do que um filme sobre a vida de Lennon, que não o é, trata-se de um filme sobre a sua morte e de quem a provocou. Um ensaio sobre a obsessão, sobre os tortuosos caminhos da mente, sobre o poder dos media, sobre a falta de privacidade das pessoas famosas, sobretudo daquelas que, antes da fama, querem, acima de tudo, ser pessoas.

De um ponto de vista mais místico, poder-se-ia falar de um filme sobre o destino, que cruzou aqueles dois seres naquele dia, naquele momento. Um caminho cujo cruzamento se tecia há alguns dias, com a chegada à cidade de Mark David Chapman. Fugindo de um passado de que pouco vimos a saber? Em rota de colisão com o seu ídolo? Cumprindo um desígnio mais insuspeito, forjado na sua obsessão pelo livro "Catcher in the rye", de J. D. Salinger?

A grande questão que se coloca ao filme, sobretudo ao êxito da sua "empreitada", é a de saber se os fãs de Lennon quererão saber o "porquê" da morte do seu ídolo, se é que alguma explicação racional poderia alguma vez ser dada para tão irracional acto, ou se preferem recordar a sua imagem viva e, sobretudo, o seu extraordinário legado, como compositor e intérprete, associado à esmagadora maioria das canções dos Beatles e a uma não menos genial carreira a solo, tão prematuramente interrompida.

O filme é também um projecto pessoal de Jared Leto, um actor de potencialidades, mas que tem "escapado" ao sucesso, e que aqui surge como produtor executivo, dando um empurrão para que o filme visse a luz do dia. Para entrar na personagem, o actor, irreconhecível na tela, engordou cerca de 35 quilos. Será que a personagem o merece? Imaginem todas as pessoas a viver em paz…

 
 
Conferência 3º Aniv DV - JN Destaque 300x100
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
VER VÍDEO
Artes e Vida

Na cozinha que valeu estrela Michelin

AtualidadeUm dia negro para Sócrates
Live TrailersSerena
Mais Cultura
23.11.14
O filme "Cavalo Dinheiro", do realizador português Pedro Costa, venceu a competição internacional do oitavo Festival de Cinema de Vanguarda, que está...
21.11.14
Com 18 anos, Sérgio Henrique Viana arrisca-se a ser o mais jovem organista português. Desde agosto que é o organista do Santuário do Sameiro e na...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

2 Comentários


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled