Tyco Electronics em Évora suspende 536 trabalhadores

 | 08.01.2009 - 00:30
Janeiro, Fevereiro e Março serão os três meses da verdade para o sector automóvel. "Vão dar a indicação daquilo que se pode esperar. Se as coisas não reanimarem, então começaremos a ter outro tipo de problemas", com empresas a fechar e a despedir pessoal, admitiu Pedro Valente de Almeida, presidente da Associação de Fornecedores da Indústria Automóvel .
 

"Tudo irá depender do comportamento dos construtores e do mercado global, em particular do europeu, que é o grande destino das exportações portuguesas", concluiu. Depois de algumas paragens na produção, em 2008, várias marcas voltam a fazê-lo este ano: para já, estão anunciadas suspensões na Toyota, em Ovar, e na Citroën de Mangualde, no final do mês corrente. No início de Fevereiro, a eliminação de um turno levará à dispensa de 400 trabalhadores.

Estão já com o emprego suspenso mais de 500 operários da empresa norte-americana Tyco Electrics, fabricante de componentes eléctricos, instalada em Évora. O anúncio foi feito ontem, em comunicado que "apanhou os trabalhadores de surpresa", numa medida que a empresa afirma ter efeitos imediatos.

A Administração da Tyco justificou que a aplicação do regime jurídico chamado "lay-off" acontece "por motivo da redução de 35% do volume de negócios", e que implica a redução do contrato de trabalho por "um período de seis meses". A empresa é a maior empregadora da região, tendo cerca de 1500 trabalhadores. Após duas semanas de paragem, os operários tinham regressado ao trabalho na passada segunda-feira. A Autoridade para as Condições do Trabalho diz que está a acompanhar a situação.

Menos preocupados estão os 350 funcionários da Toyota Caetano Portugal, em Ovar. A empresa vai parar a produção na próxima segunda-feira, durante cinco dias, voltando a paralisar nas últimas semanas de Janeiro e em Fevereiro. O ordenado "foi garantido", e dois dias por semana vão ser aproveitados por 90 trabalhadores para concluirem o 9.º ano e outros 150 o 12.º, no âmbito das Novas Oportunidades. O Sindicato dos Metalúrgicos diz que vai seguir de perto a suspensão da produção.

 
 
EntrepostoCRP SemanaCliente - JN 300x100
Unibanco - JN 300x100
Empresas na Caixa 300x100 JN
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
Mais Economia

Comentários
Reacções no Twitter
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados Pessoais

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado






Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled