Distribuição de dividendos na PT é extraordionária

05.12.2010 - 14:43
O presidente da PT afirmou hoje, domingo, que os dividendos a distribuir este ano pelos accionistas resultam de uma "operação extraordinária" que foi a venda da Vivo, não representando uma distribuição de lucros normal.
 
Global Imagens/Orlando Almeida
Zeinal Bava defendeu, hoje, os méritos da distribuição de dividendos da PT

"É um dividendo extraordinário, nós tivemos uma operação extraordinária. Não estamos a distribuir dividendos ordinários", disse o presidente executivo da PT, Zeinal Bava, em declarações aos jornalistas à margem de uma cerimónia sobre solidariedade social.

A questão da distribuição de dividendos esteve no centro do debate político na semana que passou, com o PCP a apresentar um diploma que visava tributar ainda em 2010 a distribuição de dividendos para evitar que as empresas escapem ao pagamento de impostos, um agravamento previsto no Orçamento do Estado para 2011.

Empresas como a Jerónimo Martins, a Portucel ou a Semapa já anunciaram que vão antecipar o pagamento de dividendos em relação ao exercício deste ano.

Contudo, para Zeinal Bava, o caso da PT não representa a distribuição dos lucros normais do exercício de 2010, ao contrário de outras empresas que já anunciaram uma antecipação do pagamento do dividendo.

"Este ano não estamos a fazer nenhuma distribuição do nosso lucro normal. Houve uma operação extraordinária que foi a venda da Vivo e uma parte desse valor está a ser entregue aos nossos accionistas que são os donos da empresa", afirmou.

Zeinal Bava, recordou que, com o resultado da venda da Vivo, a PT vai investir metade do valor na brasileira Oi, vai dar 20% aos accionistas, 15% ao fundo de pensões, enquanto o restante será para "fortalecer o balanço" da empresa.

Ler Artigo Completo
 
 
Cronologia 2014
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Mais Economia
18.12.14
O ex-presidente do BES Angola, Álvaro Sobrinho, justificou a falta de reembolso dos mais de três mil milhões de euros de crédito concedido pelo...
18.12.14
A CGTP acusou, esta quinta-feira, o Governo de violar a legislação laboral e de prepotência ao decretar uma requisição civil sem saber se os trabalhadores...
18.12.14
Todos os voos da TAP para os quatro dias de greve estão programados, disse fonte oficial da companhia aérea, que está a analisar os efeitos da...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

32 Comentários


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled