60% dos trabalhadores do setor privado em risco despedimento nos Açores

20.02.2014 - 12:30
A CGTP/Açores alertou, esta quinta-feira, que 60% dos trabalhadores do setor privado na região têm mais de 40 anos de idade e 20 de serviço, estando por isso em risco de serem despedidos com a nova legislação laboral nacional.
 

"Esta situação vai permitir que pessoas que trabalharam dezenas de anos numa empresa possam ser despedidas exatamente por isso, porque têm dezenas de anos de trabalho e o seu vencimento é mais elevado, porque naquela altura, em vez de terem apostado na sua própria formação pessoal, resolveram dar o seu contributo àquela empresa", frisou o coordenador regional da CGTP/Açores numa conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo.

Leia Também

Segundo Vítor Silva, a proposta de lei aprovada na Assembleia da República que altera a legislação laboral facilita o desemprego, porque substitui a antiguidade por cinco critérios que "privilegiam exclusivamente os interesses da empresa".

O coordenador da CGTP/Açores lembrou que o primeiro critério para o despedimento com a nova legislação é a pior avaliação do desempenho, seguindo-se as menores habilitações académicas e profissionais, o maior custo pela manutenção do vínculo laboral do trabalhador para com a empresa, a menor experiência na função e a menor antiguidade na empresa.

Com os novos critérios, considera Vítor Silva, os trabalhadores acima dos 40 e 50 anos vão ficar "numa situação extremamente complicada", porque quando não se verificar o primeiro critério, é considerado o seguinte.

"Grande parte das empresas do setor privado não tem avaliação de desempenho, portanto, vamos entrar numa situação de critérios meramente subjetivos, nomeadamente as habilitações literárias e o valor que o trabalhador ganha", alertou.

Para o coordenador regional da CGTP, a nova legislação terá um impacto "particular" nos Açores, tendo em conta que é uma das regiões do país "onde tem aumentado mais o número de despedimentos".

Ler Artigo Completo
 
 
Unibanco - JN 300x100
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
Mais Economia
24.10.14
O BPI deu esta sexta-feira o pontapé de saída na época de apresentação de resultados dos primeiros nove meses do sector financeiro, ao anunciar...
24.10.14
O Estado pagou quase 1.600 milhões de euros à "troika" até setembro em juros e comissões relativos ao empréstimo concedido no âmbito do Programa...

Comentários
Reacções no Twitter
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados Pessoais

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado






Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled