Sara Norte adia sonho de "vida nova"

22/02/2012
Sara Norte estava já referenciada como correio de droga pelas autoridades espanholas, que no início do mês voltaram a prender a atriz portuguesa. Não seria esta a "vida nova" de que a filha de Vitor Norte e Carla Lupi tanto escreveu no Facebook.
 
Paco guerro/Europa Sur
Filha de Vítor Norte condenada em Espanha

Sara Norte começou cedo nos palcos. Aos 12 anos não havia quem não acreditasse que seria pelas artes do espectáculo que a jovem se afirmaria no mundo mediático, no qual entrou por nascimento.

Filha mais velha dos atores Vítor Norte e Carla Lupi, Sara fez o primeiro anúncio televisivo com apenas três anos. E aos 12 integrou o elenco principal da série "Médico de Família", da SIC, um êxito de audiências, no ar durante três anos.

A partir dos 15 anos, a atriz participou em peças e chegou, em 2002, a integrar o elenco da novela Lusitânia Paixão, da RTP. Um ano depois, pisa pela primeira vez um palco de teatro, para contracenar com a mãe, Carla Lupi, na peça "Há Vagas para Raparigas de Fino Trato".

Abandona o Mundo do espetáculo aos 17 anos, desiludida e depois de várias páginas da imprensa cor-de-rosa escritas na sequência da participação de Vítor Norte numa edição do reality show da TVI "Big Brother" e do divórcio dos pais.

Entra para a Faculdade de Direito da Universidade Católica, decidida a dar outro rumo à vida. Numa entrevista ao programa "Companhia da Manhãs" da SIC, Sara Norte conta que sempre sonhou ser inspetora da judiciária.

Muda de curso, de Direito para o de Comunicação Social, da Universidade Católica para o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Justiça
29.05.15
Os familiares dos seis jovens que morreram em dezembro de 2013 na praia do Meco, Sesimbra, vão ser recebidos pelo Papa.
29.05.15
Um homem de 32 anos foi esfaqueado por outro durante uma discussão, quinta-feira à noite, em Amoreira da Gândara, Anadia. Agressor foi a casa buscar...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 


Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled