1ª Guerra Mundial terminou há 90 anos

11/11/2008
A primeira Guerra Mundial acabou há 90 anos. O conflito, que custou a vida a 10 milhões de pessoas, entre 1914-1918, terminou a bordo de um comboio. Na floresta de Compiègne, em França, alemães e aliados assinarem o Armistício, às 11 horas dos dia 11 do mês 11 de 1918.
 
Vincent Kessler/AP
TAGS

Para assinalar a data, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, preside à cerimónia internacional de comemoração do nonagésimo aniversário do Armistício. A cerimónia decorreu no forte Douamont, um dos cenários da sangrenta batalha de Verdun em 1916, na qual morreram 300 mil pessoas.

A acompanhar Sarkozy estão o Príncipe Carlos, herdeiro da coroa inglesa, o grão-duque Henri de Luxemburgo, o novo presidente do Bunderstag, câmara alta do parlamento alemão, Peter Müller. 

O presidente francês falará no ossário de Douamont, construído nos anos 20 para acolher os restos das 300 mil vítimas de Verdun. Em 1916, entre Fevereiro e Dezembro, durante 300 dias e 300 noites foram disparados 26 milhões de obuses pelas artilharias rivais.

Depois de falar no ossário de Douamont, Sarkozy deslocar-se-á ao cemitério alemão, próximo do local. A governadora-geral da Austrália, Quentin Bryce, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, e o presidente do Parlamento europeu, Hans-Gert Poettering são alguns dos governantes igualmente presentes nas cerimónias.

 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Mundo
28.07.15
Um tiroteio no centro de Barcelona, junto à Rambla, esta terça-feira, causou dois feridos, um deles em estado grave.
28.07.15
O Tribunal de Apelo de Versalhes deu razão a Jean-Marie Le Pen, ao confirmar a invalidação da consulta com que a Frente Nacional pretendia anular...
28.07.15
Dezanove pessoas morreram no incêndio numa fábrica de móveis, ao norte do Cairo, desencadeado pela explosão de uma botija de gás.
28.07.15
Um relatório dos Estados Unidos aponta Angola como país de "origem e destino" para tráfico de homens, mulheres e crianças para sexo e trabalhos forçados.
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled