Renamo acusa Frelimo de ataques e ameaça retaliar

28/04/2009
Partido no poder suspeito de  treinar guardas fronteiriços para atacar residências dos guardas de altos dirigentes do partido da Oposição.
 
TAGS

A RENAMO acusou a FRELIMO, partido no poder, de treinar guardas fronteiriços para atacar residências dos guardas de altos dirigentes do principal partido da oposição moçambicana, em Maringué e Cheringoma, em Sofala, centro, e ameaçou retaliar.

Em declarações aos jornalistas, o secretário-geral da RENAMO, Ossufo Momade, disse ter informações de "fontes fidedignas do partido espalhadas pelo país", dando conta de um contingente de guardas de fronteira treinados em Maputo com esse propósito.

"Informações fidedignas confirmam a existência de um grupo de elementos da guarda fronteira treinados recentemente com intuito de tomar de assalto as residências dos guardas de altos dirigentes da RENAMO nos distritos de Maringué e Cheringoma", disse.

 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Mundo
29.08.15
A tempestade tropical Erika, que já fez 27 mortos na República Dominicana e causou danos em Puerto Rico, está a dirigir-se para o norte do Haiti,...
28.08.15
Um grupo de 163 crianças-soldado, incluindo cinco raparigas, foi libertado esta sexta-feira pelas milícias cristãs "anti-balaka" em Batafongo, na...
 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled