Renamo acusa Frelimo de ataques e ameaça retaliar

28/04/2009
Partido no poder suspeito de  treinar guardas fronteiriços para atacar residências dos guardas de altos dirigentes do partido da Oposição.
 
TAGS

A RENAMO acusou a FRELIMO, partido no poder, de treinar guardas fronteiriços para atacar residências dos guardas de altos dirigentes do principal partido da oposição moçambicana, em Maringué e Cheringoma, em Sofala, centro, e ameaçou retaliar.

Em declarações aos jornalistas, o secretário-geral da RENAMO, Ossufo Momade, disse ter informações de "fontes fidedignas do partido espalhadas pelo país", dando conta de um contingente de guardas de fronteira treinados em Maputo com esse propósito.

"Informações fidedignas confirmam a existência de um grupo de elementos da guarda fronteira treinados recentemente com intuito de tomar de assalto as residências dos guardas de altos dirigentes da RENAMO nos distritos de Maringué e Cheringoma", disse.

 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Mais Mundo
29.03.15
Nove crianças recrutadas pelo movimento 'jihadista' do Estado Islâmico (EI) decapitaram nove muçulmanos xiitas, denunciou este domingo o Observatório...
29.03.15
Um tribunal da região muçulmana de Xinjiang, no leste da China, condenou um homem a seis anos de prisão por "criar perturbações" ao "deixar crescer...
29.03.15
As forças tunisinas mataram nove homens pertencentes ao principal grupo jiadista do país, acusado de ter organzizado o ataque ao museu nacional, revelou...
29.03.15
Os franceses vão este domingo às urnas para a segunda volta das eleições departamentais, depois de uma primeira volta marcada pela vitória da coligação...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled