Polícia deteve dirigentes da oposição durante protestos na Rússia

05/03/2012
A polícia de choque russa deteve dezenas de pessoas, entre os quais três conhecidos dirigentes da oposição, depois de uma manifestação de protesto contra os resultados presidenciais na Rússia.
 
Thomas Peter/REUTERS
Oposição diz que "dezenas de pessoas" foram detidas

"A polícia deteve pessoas que se manifestavam pacificamente e arrastou-as pelo chão para autocarros. Eu também foi detido, depois atirado por cima de uma fonte e empurrado para um carro celular", declarou um dos detidos, Serguei Udaltsov, dirigente da organização Frente de Esquerda.

Serguei Udaltsov declarou, por telefone, que o número de detidos é de "dezenas".

Além disso, a polícia de choque deteve mais três dos principais organizadores das manifestações contra a política de Putin em Moscovo: Ília Iachin, dirigente do movimento liberal Solidariedade, o conhecido advogado e 'blogger' Alexei Navalni, e a militante ecologista Evguenia Tchirikov.

Dezenas de milhares de pessoas reuniram-se na Praça Pushkin para protestar contra os resultados das eleições presidenciais de domingo, em que venceu Vladimir Putin com cerca de 63% dos votos, e exigir a realização de eleições presidenciais e parlamentares antecipadas livres e transparentes. "Putin ladrão!", "Rússia sem Putin!"- gritaram os manifestantes.

Terminado o comício, algumas centenas de manifestantes continuaram na Praça Pushkin, tendo a polícia de choque lançado uma carga contra eles a fim de evacuar o local.

Antes, Serguei Udaltsov prometera realizar um protesto 'sine die' e instalar tendas na praça, que só seriam retiradas quando o poder satisfizesse as reivindicações da oposição.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Mundo
30.08.15
Um quinto suspeito foi detido pela polícia húngara na noite de sábado para domingo no âmbito da investigação do caso do camião abandonado na Áustria...
30.08.15
O neurologista e escritor Oliver Sacks morreu, este domingo, na sua casa em Nova Iorque aos 82 anos, informou a edição online do jornal The New York...
30.08.15
A chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy, reúnem-se segunda e terça-feira, em Berlim, para discutirem a...
30.08.15
Onze pessoas morreram e 205 ficaram feridas na sequência do incêndio num complexo residencial para trabalhadores da companhia petrolífera da Saudi...
 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled