Mais 23 mortos na Síria por forças governamentais

13/05/2012
Vinte e três pessoas, 16 das quais civis, foram mortas, este domingo, na Síria , informaram militantes, numa altura em que as tréguas, tecnicamente em vigor, mas continuamente ignoradas, entram no seu segundo mês.
 
TAGS
Mais 23 mortos na Síria por forças governamentais
foto AFP Photo
Civis atingidos pelos ataques.

"Cinco civis, entre os quais uma mulher, foram mortos e 18 outros ficaram feridos, três gravemente, por disparos das forças governamentais durante o assalto à localidade de Tamanaat al-Ghab, na região de Hama (centro)", indicou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A Organização Não Governamental (ONG) adiantou que o exército incendiou numerosas habitações naquela localidade e bombardeou outra aldeia na mesma região.

Em Rastane, cidade rebelde da província vizinha de Homs, um civil foi abatido por um atirador emboscado e dois outros foram mortos pelas forças governamentais na cidade próxima de Qusseir, segundo a mesma fonte.

O OSDH indicou ainda que, mais a sul, um civil foi morto a tiro pelas forças do regime em Dmeir, a 40 quilómetros de Damasco, enquanto que outros dois foram abatidos em Duma, a 13 quilómetros da capital.

Em Duma, um chefe rebelde, Abu Adi, morto em combates noturnos com os soldados de Bashar al-Assad.

Os Comités Locais de Coordenação (LCC) deram conta de bombardeamentos contra Duma.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Mundo
04.08.15
Mais de 13 mil pessoas foram retiradas no estado da Califórnia, no sudoeste dos Estados Unidos, nos últimos dias, devido a devastadores incêndios...
04.08.15
As autoridades aduaneiras suíças apreenderam, na segunda-feira, 262 quilos de marfim de contrabando no aeroporto de Zurique.
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled