Vídeo de agressão a duas mulheres em Luanda gera condenação generalizada

08.02.2013 - 17:49
Um vídeo que mostra duas mulheres a serem barbaramente espancadas num armazém em Luanda está a suscitar generalizada condenação, e em comunicado enviado, esta sexta-feira, à Lusa, a Procuradoria Geral da República informa estar já em curso um inquérito.
 
TAGS
Vídeo de agressão a duas mulheres em Luanda gera condenação generalizada
foto Youtube
Mulheres foram agredidas brutalmente

No comunicado, a PGR refere ter tomado conhecimento da existência do vídeo no passado dia 6, "mostrando cenas macabras, retratando um caso de justiça privada" em Luanda.

As duas mulheres acusadas de terem roubado uma garrafa de champanhe e um sabonete, para posterior venda, surgem no filme a serem espancadas por vários homens e mulheres, armados com uma catana, bastões e mangueiras, deixando as vítimas em estado de exaustão e desfalecimento.

Os agressores, cujas caras são facilmente identificáveis, riem-se e gritam enquanto alguns filmam com telemóveis ou câmaras portáteis o que se está a passar.

O vídeo foi colocado há dois dias nas redes sociais e teve já mais de 8 mil visualizações no canal do semanário privado angolano Folha 8 no Youtube.

Na sequência de uma busca autorizada judicialmente, o Ministério Público apreendeu no dia 7, no local, os instrumentos de tortura que surgem no vídeo.

A PGR anuncia ainda ter interpelado algumas pessoas presentes no local onde ocorreram os espancamentos.

Ler Artigo Completo
 
 
Cronologia 2014
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

14 Comentários


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled