Detetada mancha de óleo que pode ser resultado de queda de avião da Malásia

08.03.2014 - 12:50 , atualizado 08.03.2014 - 16:33
Uma mancha de óleo de cerca de 20 quilómetros, detetada, este sábado, entre a Malásia e o Vietname, é o primeiro sinal de que o avião da Malásia Airlines, com 239 pessoas a bordo, se terá despenhado no mar. A noite já caiu na região, mas as buscas por mar vão continuar.
 
Reuters
Mancha de óleo encontrada durante a operação de buscas, entre a Malásia e o Vietname
TAGS

"Um avião da Marinha do Vietname descobriu uma mancha de óleo de 20 quilómetros na área de busca, que se presume seja do avião que se despenhou", disse o diretor da Administração da Aviação Civi vietnamita, em declarações citadas pelo jornal norte-americano New York Times.

Trata-se de um rasto constituído por duas linhas de óleo à superfície de água que parecem ser consistentes com o que uma aeronave poderia deixar.

Lai Xuan Thanh disse que comunicou a informação às autoridades de Singapura e da Malásia, mas não foi capaz de especificar se a mancha de óleo está mais próxima do Vietname ou da Malásia.

O Boeing 777-200 voava entre Kuala Lumpur e Pequim. O modelo é considerado um dos aviões mais seguros da história da aviação e é conhecido pela sua capacidade para fazer voos muito longos.

Ao anoitecer, 17 horas após o voo MH370 ter desaparecido, as autoridades vão continuar as buscas por mar. As buscas aéreas foram suspensas.

"As operações de busca e salvamento vão continuar o tempo que forem necessárias", garantiu aos jornalistas o primeiro-ministro malaio. Najib Razak diz que 15 aviões da sua Força Aérea, seis navios da marinha e três barcos da Guarda Costeira foram enviados para a operação.

Ler Artigo Completo
 
 
Cronologia 2014
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Mais Mundo
20.12.14
Cerca de 800 imigrantes, a maioria sírios, foram encontrados pela guarda costeira italiana a mais de 10 quilómetros da Sicília, a bordo de um cargueiro...
20.12.14
Polícias franceses balearam mortalmente, esta sábado, um homem que os atacou com uma faca, gritando "Allahu Akbar", numa esquadra em Joue-les-Tours...
20.12.14
O grupo jihadista Estado Islâmico executou 100 dos seus combatentes estrangeiros, que tentavam fugir da cidade de Raqqa, no norte da Síria, avançou...
20.12.14
Uma adega destruída e o corte de uma estrada em Chã das Caldeiras são o resultado, este sábado, do avanço da lava que há quase um mês jorra ininterruptamente...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

2 Comentários


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled