McDonald's em Oslo é mais sujo do que casas de banho

08/02/2013
Uma investigação da televisão norueguesa concluiu que comer um hamburger à mesa de um McDonald's em Oslo, na Noruega, é menos asseado do que comê-lo nas casas de banho do restaurante, onde, apesar de tudo, há menos bactérias.
 
Reuters

A TV2 foi a cinco restaurantes da cadeia de comida rápida norte-americana, mediu as concentrações de micro-organismos nas mesas dos estabelecimentos e descobriu que eram largamente superiores ao recomendado e às que se verificavam nas casas de banho.

Segundo uma especialista em higiene do Instituto Tecnológico Norueguês, Lena Furuberg, a presença de tantas bactérias nas superfícies onde as pessoas comem deve-se a má limpeza.

"Parece que só se usa um pano e que só se mudam as bactérias de mesa para mesa", afirmou a especialista à Agência France Presse.

As medições, reveladas num programa de defesa do consumidor da TV2, não se centraram na natureza ou perigosidade das bactérias e visaram apenas restaurantes da cadeia McDonald's.

Uma porta-voz norueguesa da cadeia de restaurantes afirmou-se "surpreendida" com os resultados: "Não estamos satisfeitos, isto não pode ser", declarou à AFP.

Depois das revelações do programa da TV2, a McDonald's anunciou que ia aplicar um novo programa de limpeza nos seus restaurantes.

 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 

Mais Lidas
02.07.15
A mãe que deixou o filho de três anos morrer num baloiço, nos EUA, esteve no funeral da criança e levou uma carta com uma dedicatória. Os pais, que...


Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled