Pombo suspeito de causar fogo em apartamento

09/03/2014
Um pombo é suspeito de ter começado um incêndio num apartamento em Londres. Bombeiros acreditam que a ave levou uma beata de cigarro incandescente para o ninho, no telhado do edifício, que começou o fogo.
 
Catarina Vieira/Global Imagens
TAGS

O telhado de um edifício em Stockwell, no sul de Londres, Inglaterra, ficou danificado durante um incêndio, que obrigou à evacuação de nove pessoas.

O incêndio foi combatido por 21 bombeiros e não causou feridos, danificando apenas o telhado do edifício. Aconteceu na quarta-feira, mas entretanto os bombeiros chegaram à conclusão de que se trata de um caso de fogo posto por um animal.

"Quando investigamos o telhado, não vimos nenhuma fonte de ignição evidente. Ninguém tinha estado no telhado recentemente e não havia cabos elétricos que pudessem ter causado faísca", explicou Matt Cullen, dos Bombeiros de Londres.

"Procuramos por todo o lado, e a surpresa foi quando descobrimos um ninho de pombos parcialmente queimado", disse Matt Cullen. Segundo aquele investigador dos Bombeiros de Londres, os vizinhos dizem ser frequente haver pássaros a entrar por um buraco no tecto do edifício.

"Acreditamos que um dos pombos apanhou uma beata de cigarro ainda incandescente e a levou para o ninho, causando o incêndio, que se alastrou a todo o telhado", disse Matt Cullen.

"Este incidente é um excelente exemplo da importância de apagarmos sempre os cigarros na totalidade. Nunca se sabe o que pode acontecer", acrescentou, em declarações ao "The Daily Telegraph", tablóide britânico que recorda outros casos de fogo posto por animais: um cão que ligou a torradeira ao tentar chegar a comida na bancada da cozinha, um rato que roeu os cabos elétricos e um outro pombo que deixou cair uma beata de cigarro por uma chaminé.

Artigo Parcial
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Mais Mundo
05.03.15
Um relatório de uma comissão do parlamento britânico recomendou às agências dos serviços de informações do Reino Unido que recrutem mães de família...
05.03.15
Pelo menos 68 pessoas, entre as quais crianças, foram mortas num massacre perpetrado pelo grupo radical islâmico Boko Haram numa aldeia do nordeste...
05.03.15
Quatro membros da mesma família foram detidos por escravizar indigentes e trancá-los em barracões e caravanas de propriedades nos arredores da Corunha...
05.03.15
Soldados russos têm morrido "em grande número" no leste da Ucrânia, afirmou o secretário-geral-adjunto da NATO, Alexander Vershbow.
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled