Alunos do 4.º ano vão ter exames a partir do próximo ano

26/03/2012
Os alunos do quarto ano de escolaridade vão passar a realizar provas finais a partir do ano letivo de 2012/2013, anunciou o ministro da Educação, Nuno Crato.
 
Alunos do 4.º ano vão ter exames a partir do próximo ano
foto Nuno Crato

De acordo com o ministro, que apresentou, esta segunda-feira, a versão final da revisão da estrutura curricular do Ensino Básico e Secundário, as notas daquelas provas deverão valer cerca de 30% na classificação do aluno no fim do ano letivo.

Nuno Crato afirmou que esta decisão ainda não está tomada, mas que deverá ser "muito provavelmente" idêntica à estabelecida para o 6.º ano.

Os alunos do 6º ano, que realizam este ano pela primeira vez as provas finais, terão agora ao abrigo de um regime transitório uma ponderação de 25%, mas que passará depois a 30%.

No âmbito da revisão curricular, que entrará em vigor no próximo ano letivo, o Ministério da Educação decidiu manter a Educação para a Cidadania como "intenção educativa" em todas as áreas curriculares, mas não como disciplina autónoma obrigatória.

Segundo Nuno Crato, as escolas podem optar por manter uma hora dedicada especificamente a esta área ou usá-la para outras atividades e valorizar o caracter transversal da formação cívica, todos os dias e em diferentes disciplinas.

O ministro da Educação frisou que até a pontualidade é um bom exemplo neste campo bem como a educação em geral.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Nacional
31.07.15
Ao fim de quase duas semanas de candidatura ao Ensino Superior há já mais 10 mil candidatos do que em igual período de 2014, com 35123 candidaturas.
31.07.15
O Governo anunciou o alargamento do prazo de candidatura, até 10 de outubro, do programa Retomar, de apoio ao reingresso no Ensino Superior.
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled