Morreu a jornalista Margarida Marante

05/10/2012
A jornalista Margarida Marante morreu, esta sexta-feira, em casa, em Lisboa, vítima de ataque cardíaco. Tinha 53 anos e começou a carreira de jornalista aos 20 anos. Ao longo de três décadas, a jornalista entrevistou grande parte dos líderes políticos portugueses.
 
Morreu a jornalista Margarida Marante
foto Arquivo
Margarida Marante

Margarida Marante morreu esta sexta-feira, em casa, segundo fonte próxima da família.

Margarida Marante começou a carreira de jornalista aos 20 anos no semanário Tempo, em 1976, e dois anos depois ingressou na RTP, onde se distinguiu nos programas de grandes entrevistas políticas.

Ao longo de três décadas, a jornalista entrevistou grande parte dos líderes políticos portugueses.

A jornalista foi diretora da revista "Elle" e em 1992 integrou a equipa fundadora da SIC, onde apresentou programas como "Sete à Sexta", "Contra Corrente", "Cross Fire" e "Esta Semana".

Em 2003, regressou à TSF, estação de rádio onde já tinha colaborado, em 1991, tal como no semanário Expresso.

A jornalista colaborou, também, com o "Jornal de Notícias".

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Nacional
04.07.15
Popular "franchise" culinário estreou-se na BBC em julho de 1990 e foi adaptado depois em mais de 40 países. Em Portugal, já foram exibidas...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 

Mais Lidas
02.07.15
A mãe que deixou o filho de três anos morrer num baloiço, nos EUA, esteve no funeral da criança e levou uma carta com uma dedicatória. Os pais, que...


Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled