Ouro para o Natal levado por ladrões

 | 31.12.2010 - 00:15
"Três anos, três assaltos", indignava-se, ontem, a dona da Ourivesaria da Estação, em S. Romão do Coronado, Trofa, após o roubo à mão armada que lhe deixou a montra "sem o ouro comprado há três semanas". Comerciantes falam em "insegurança".
 

O marido - conta a ourives - "andou a trabalhar em part-time, à noite, para pagar o último prejuízo", com data de Junho de 2009: também numa tarde, quatro encapuzados armados entraram na loja e roubaram o que puderam. Com um desfalque a rondar os 30 mil euros, o dono, que não quis  identificar-se, foi "trabalhar como segurança numa obra", para pagar as dívidas aos fornecedores.

Atingido o equilíbrio financeiro, a joalharia, no centro de S. Romão, perto da estação da CP, sofreria novo golpe, anteontem. Pelas 15.50 horas, três encapuzados armados ao verem que a porta do estabelecimento não abria, por se encontrar trancada por um dispositivo de segurança, "deram duas marretadas " na parte superior.

Entraram dois, um deles armado com uma caçadeira, enquanto um terceiro elemento aguardou num Honda Civic vermelho escuro, com o qual fugiram em direcção à Maia. Apontaram a arma a um cliente e ao ourives, ordenando-lhes que se deitassem no chão.

"Um disse: "Quero o ouro". Foram para a montra e partiram-na Eu disse-lhes para não a partirem , porque só tinham prata. Ainda foram ao cofre, mas estava vazio", contou, ao JN, o comerciante.

"O ouro tinha sido comprado há três semanas. Coloquei na montra para o Natal, para chamar os clientes e acabei por chamar os ladrões. Andei a trabalhar para isto", revolta-se a dona da joalharia. "Já tinha os cheques passados para os fornecedores.

Agora, vou trabalhar um ano para pagar o que me roubaram", diz.
Em S. Romão, os lojistas queixam-se de "insegurança". A Ourivesaria do Coronado já sofreu uma tentativa de assalto, lembra a funcionária de um café, apontando o dedo ao "pouco policiamento". "Quase todos os cafés daqui já foram assaltados", afirma. "Será que o Governo não pode fazer nada para mudar isto? Não é um assalto uma vez por ano. É quase todos os dias, pelo país", nota a ourives.

Ler Artigo Completo
 
 
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

10 Comentários
Cronologia 2014
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 

Futebol

Vídeos da Liga
1ª Liga
Classificação
Resultados
Próxima Jornada
1 - Benfica (34)
2 - FC Porto (31)
3 - V. Guimarães (28)
4 - Sp. Braga (25)
5 - Sporting (24)
6 - P. Ferreira (22)
7 - Belenenses (21)
8 - Rio Ave (19)
9 - Estoril (18)
10 - Moreirense (17)
11 - Marítimo (16)
12 - Boavista (13)
13 - Nacional (12)
14 - V. Setúbal (11)
15 - Penafiel (10)
16 - Académica (9)
17 - Arouca (9)
18 - Gil Vicente (6)

Serviços


TEMPO Dados fornecidos por Wunderground
  • 17ºC
  • 6ºC
  • HOJE
  • 16ºC
  • 6ºC
  • AMANHÃ

 

banner Barómetro Tomar o pulso ao país



Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled