Governo disponibiliza simulador para rescisões voluntárias na função pública

05.08.2013 - 12:59
O Governo lançou esta segunda-feira um "site" sobre o programa de rescisões na função pública, com uma carta-requerimento e um simulador para quem quiser rescindir voluntariamente com o Estado.
 
DR
O site faculta ainda o formulário eletrónico de adesão ao programa e responde a várias questões ligadas à rescisão

O programa de rescisões só começa a 1 de Setembro, e termina a 30 de novembro, mas o site www.dgaep.gov.pt disponibiliza a partir desta segunda-feira um simulador do montante da compensação devida para quem optar pelo Programa de Rescisões de Mútuo Acordo lançado pelo Governo.

O site faculta ainda o formulário eletrónico de adesão ao programa e responde a várias questões ligadas à rescisão.

No despacho hoje publicado em Diário da República, e assinado pelo secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, o Governo determina que "os requerimentos são apreciados durante o prazo em que decorrer o Programa, sendo objecto de decisão até ao final do mês de dezembro de 2013".

Ao programa de adesões podem aderir os funcionários públicos a cinco anos da idade legal da reforma, pelo menos, e que não aguardem resposta a pedido de pré-reforma.

 
 
Conferência 3º Aniv DV - JN Destaque 300x100
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
VER VÍDEO
Reportagens

A pesca é gosto que fica no corpo

AtualidadeUm dia negro para Sócrates
Live TrailersSerena
Mais Política
23.11.14
O deputado e presidente da Federação de Lisboa do PS, Marcos Perestrello, lamentou este domingo a "deriva sectária" que disse ter sobressaído na IX...
23.11.14
O coordenador da comissão política cessante João Semedo chamou este domingo à tribuna da IX Convenção todos os eleitos para os órgãos de direção...
23.11.14
O líder social-democrata, Pedro Passos Coelho, disse este domingo, na Guarda, que os políticos em Portugal não são todos iguais, dizendo que não...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

4 Comentários


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled