Português morre em acidente de viação

21.10.2009 - 00:30
O coordenador-delegado português e dois colaboradores angolanos da organização não-governamental para o desenvolvimento CIC (Cooperação, Intercâmbio e Cultura) morreram na sequência de um acidente de viação registado no domingo, na região de Huambo, Angola.
 

A informação foi dada à agência Lusa pelo vice-presidente da organização não-governamental para o desenvolvimento portuguesa, Pedro Rangel, que referiu que dois dos colaboradores, angolanos, morreram de imediato, tendo o terceiro, o coordenador-delegado, Francisco Raposo, falecido ontem, em Luanda, para onde tinha sido transportado em estado crítico.

Desconhece-se ainda a causa exacta do acidente, mas pensa-se que a carrinha onde seguiam terá embatido num camião, disse Pedro Rangel.

A CIC opera em Angola há mais de 15 anos, onde tem dezenas de projectos de ajuda humanitária de emergência e de cooperação para o desenvolvimento e, actualmente em execução, projectos na área da reabilitação de infra-estruturas, de educação e formação profissional, no planalto central de Angola.

 
 
Empresas na Caixa 300x100 JN
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
VER VÍDEO
Close-up

Tartarugas Ninja voltam a invadir salas de cinema

AtualidadeMédica portuguesa vai para a Serra Leoa combater o ébola
AtualidadePassageiros surpreendidos no Porto com greve na TAP
Mais Sociedade
31.10.14
Hugo Tavares somou vários falhanços na sua ascensão de segurança da PJ até diretor no Instituto da Justiça. Um desses fracassos constava no seu currículo...
30.10.14
O diretor do jornal francês "Le Minute" terá de pagar 10 mil euros de indemnização a Christiane Taubira e teve uma pena de três meses de prisão com...

Comentários
Reacções no Twitter
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados Pessoais

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado






Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled