JN

FERRAMENTAS
ESTATÍSTICAS
Patrocínio

E se choverem meteoros?

Publicado

EDUARDA FERREIRA
 

É a atmosfera da Terra que embate neles e os faz traçar riscos brilhantes no céu. Este mês,até ao próximo dia 20, com pico provável amanhã, terça-feira, podemos assistir a maior intensidade nas chuvas de meteoros que a toda a hora vêm ter com o nosso planeta.

Nada de nuvens e um céu também nada poluído por iluminações urbanas. Estas as condições para observar a próxima chuva de meteoros, cujas trajectórias vão cruzar-se num ponto chamado radiante, lá onde se avista a constelação de Leão. Daí o seu nome, Leónidas, como noutras épocas do ano há as Aquáridas, as Perseidas ou as Oriónidas.

Quase todos os meses a Terra tem destes encontros com os "enxames" de meteoróides. Já em Dezembro há a passagem pelas Gemínidas e em Janeiro pelas Quadrânticas. Estas duas ocasiões são das mais expressivas, estando feita uma estimativa de 120 meteoros por hora, em média, a colidir com a atmosfera terrestre.

As previsões meteorológicas para os próximos dias, em Portugal, não facilitarão a hipótese de uma boa visibilidade do fenómeno que, além do mais, oferecerá melhor espectáculo aos habitantes da Ásia. Caso o céu estivesse límpido, a melhor hora para ver a chuva de estrelas seria antes do alvorecer de quarta-feira próxima. Como sempre na observação das candentes que cruzam o firmamento, a melhor forma não está em assestar telescópios, mas em ficar na posição de deitado ao ar livre. A Associação Portuguesa de Astrónomos Amadores vai fazer o registo automático de meteoros, recorrendo a câmaras de vídeo ligadas a computadores.

Ainda assim, estas Leónidas que vão cair sobre as nossas cabeças prevêem-se como das mais intensas no ano (em Dezembro, as Gemínidas talvez as suplantem). Mas, como disse ao JN o director do Observatório Astronómico de Lisboa, a intensidade apenas pode ser estimada, não assegurada. Segundo explicou este astrónomo, os enxames de meteoróides não têm localização garantida no espaço por onde viajam; por isso, não se pode ter a certeza de que a Terra vá, na sua translação, embater em cheio na poeira lançada pelo cometa que ali passou. Rui Agostinho refere que "o efeito de jacto com que o cometa liberta matéria faz com que este rodopie, tornando incerta a sua trajectória".

Nesta chuva de estrelas mais intensa está implicado o cometa Tempel-Tuttle e foi calculada uma média de 100 meteoros por hora. O período de maior visibilidade (claro, se o céu estiver limpo) decorre de hoje a dia 20, com actividade máxima a 18 ou 17.

Ler Artigo Completo (Pág.1/2) Página seguinte
 
 

Comentários
Reacções no Twitter
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados Pessoais

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado




Multimédia
Blogues
Inquérito



Continente UVA D'OURO 2014
Empreendedorismo
Amazing Romance in Thailand - JN Destaque (Participação)
fbem gif

banner Barómetro Tomar o pulso ao país
Economia Social
Últimas
+Lidas
+Comentadas
+Pesquisadas
 
 


Liga Zon Sagres
Classificação
Resultados
Próxima Jornada
1 - Benfica (73)
2 - Sporting (66)
3 - FC Porto (58)
4 - Estoril (50)
5 - Nacional (44)
6 - Marítimo (37)
7 - Sp. Braga (36)
8 - V. Setúbal (35)
9 - Académica (33)
10 - V. Guimarães (31)
11 - Rio Ave (31)
12 - Arouca (28)
13 - Gil Vicente (28)
14 - Belenenses (24)
15 - P. Ferreira (23)
16 - Olhanense (21)

Serviços


TEMPO Dados fornecidos por Wunderground
  • 14ºC
  • 7ºC
  • HOJE
  • 15ºC
  • 13ºC
  • AMANHÃ

 

Media Lab
destaque conselhoeditorial


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled