Ano 2010 recordista em calor

 | 21.01.2011 - 00:30
Uma muito ligeira diferença face aos valores de 2005 e 1998 faz de 2010 o ano com temperatura média global mais elevada desde que há registos instrumentais. Ela foi de 14,42 graus. Além disso, os dez anos mais quentes aconteceram desde 1998.
 
 
 
Ano 2010 recordista em calor
foto arquivo

"Os dados do ano passado confirmam a tendência de longo-prazo para o aquecimento da Terra", afirmou o secretário-geral da Organização Meteorológica Mundial (OMM), ao divulgar os dados da temperatura média global atingida em 2010. Michel Jarraud sublinhou que o ano passado, não só foi ainda mais quente que 2005 e 1998, como desde este último se concentraram dez com temperaturas médias mais altas.

Segundo a OMM, 2010 foi excepcionalmente quente em algumas zonas de África e da Ásia. O mesmo aconteceu na Gronelândia e na região do Árctico pertencente ao Canadá.  Dados colhidos por satélite indicam que os gelos do Árctico tinham em Dezembro último a menor extensão de sempre (1,35 milhões de quilómetros menos que a média entre 1979 e 2000.

A média global das temperaturas  seria eventualmente mais elevada caso não tivessem ocorrido vagas de frio em largas faixas da Europa central e setentrional, bem como na Rússia e Leste dos Estados Unidos. 

A informação da OMM lembra que o ano passado foi fértil em fenómenos climáticos extremos: a Rússia teve uma vaga de calor, com incêndios,  e as monções no Paquistão provocaram cheias devastadoras. Já no corrente ano, a tendência mantém-se, com as recentes cheias no Brasil, Austrália Sri Lanka.

Se a OMM afirma que 2010 foi o mais quente desde que há registos, já a classificação é distinta, dando o primeiro lugar ora ao ano 1998 ora ao de 2005, quando a análise pertence à NASA,  ao Met Office britânico ou à agência norte-americana NOAA.

A diferença na classificação, justifica a Organização Meteorológica Mundial, que trabalha com os dados dos cerca de 190 países seus associados, é resultado de um tratamento diferente das informações, já de si escassas, da região do Árctico.

Ler Artigo Completo
 
 
Empresas na Caixa 300x100 JN
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
VER VÍDEO
Livros

Papa Francisco "super star"

Close-upTartarugas Ninja voltam a invadir salas de cinema
JN RunningArmy Race, um mergulho na vida militar

Comentários
Reacções no Twitter
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados Pessoais

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado






Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled