Temperaturas em Portugal continental vão atingir os 41º

16.07.2012 - 10:03 , atualizado 16.07.2012 - 13:36
As temperaturas em Portugal continental vão atingir, entre segunda e terça-feira, máximas de 41º C, facto que levou o Instituto de Meteorologia a colocar sob aviso amarelo 13 distritos do país. Na quarta-feira há previsão de nova descida das temperaturas.
 

O distrito de Beja é, esta segunda-feira, aquele em que o termómetro atinge a temperatura mais alta, chegando aos 39º de máxima, seguido de Évora, com 38º, e de Lisboa, Portalegre e Castelo Branco, com 37º.

A temperatura continua a subir na terça-feira, prevendo-se que chegue aos 41º em Évora, 39º em Beja, Castelo Branco e Coimbra e 38º em Lisboa e Braga.

No entanto, prevê-se já para quarta-feira "uma descida da temperatura em especial nas regiões do litoral a norte do Cabo Carvoeiro".

"No dia 19 [quinta-feira], esta descida vai estender-se às regiões do interior e será da ordem dos seis a oito graus", a segundo a meteorologista Madalena Rodrigues.

Ainda segundo a mesma fonte, no fim de semana vão registar-se valores de temperatura muito semelhantes aos do passado domingo e, a partir da próxima segunda-feira, dia 23, está prevista uma nova subida gradual da temperatura.

Aviso amarelo em 13 distritos

Ler Artigo Completo
 
 
Cronologia 2014
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
TSF Superbrand - JN destaque
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Mais Sociedade
21.12.14
Cerca de 160 famílias portuguesas a viver na região parisiense vão contar com a ajuda dos cabazes da Santa Casa da Misericórdia de Paris que estima...
21.12.14
O inverno começa este domingo no hemisfério norte, um momento de celebrações ao longo da história ao qual se associou o Natal, e chega às 23.03 horas...
20.12.14
Conheça a chave do Totoloto sorteada este sábado.
20.12.14
O Papa Francisco nomeou como novo camerlengo, cardeal que se ocupa do Governo provisório da Igreja quando o Papa morre ou renuncia, o francês Jean...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

2 Comentários


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled