PJ

Aberto inquérito sobre morte de Bernardo Sassetti

Aberto inquérito sobre morte de Bernardo Sassetti

O Ministério Público instaurou um inquérito à morte do pianista e compositor Bernardo Sassetti, cujo corpo foi encontrado na quinta-feira, sem vida, em Cascais, disse, esta, sexta-feira, fonte da Procuradoria Geral da República.

"Por ser ignorada a causa da morte e as circunstâncias em que ocorreu, foi instaurado o competente inquérito, como habitualmente se procede nessas situações", acrescentou à agência Lusa fonte do gabinete do procurador-geral da República.

O corpo de Bernardo Sassetti foi encontrado na quinta-feira, pela Polícia Marítima, na praia do Abano, ao Guincho, em Cascais.

Fonte próxima da família disse à agência Lusa que o músico, de 41 anos, terá caído de uma arriba quando se encontrava a fazer fotografia.

Nascido a 24 de junho de 1970, em Lisboa, Bernardo Sassetti era sobrinho-neto do compositor Luís de Freitas Branco e bisneto de Sidónio Paes.

Bernardo Sassetti era casado com a atriz Beatriz Batarda e tinha duas filhas.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM