Artes do Espetáculo

Festival Folia começa este sábado em Lousada

Festival Folia começa este sábado em Lousada

O Festival Folia, organizado pela Jangada Teatro, arranca na noite deste sábado no auditório municipal de Lousada, onde leva à cena 14 espetáculos, até dia 7 de maio.

"Todos os anos tentámos inovar, este ano temos duas grandes novidades. O nosso diretor (Xico Alves) lançou-se na encenação e vamos apresentar "Principezinho", de Antoine Saint Exupéry e temos também "Frankenstein", de Mary Shelley, um clássico do terror gótico que transformámos numa comédia manipulada, com encenação de Ivo Bastos", explica entusiasticamente Luís Oliveira, programador do Festival que vai na 17ª edição.

Assinalando o caráter internacional do festival estará a companhia grega, IDEA Theatre Group que traz "A árvore de Édipo", uma adaptação do mito."Os portugueses não têm de ter medo de vir ver esta peça, está no original, mas é legendada", conta o programador.

Já na edição passada a companhia de Atenas esteve presente com "Romeu e Julieta para dois", sendo uma companhia que trabalha muito o teatro físico.

Mas, nem só ao teatro se restringe o Folia. "O público tornou-se exigente com outras estéticas, temos uma programação muito diversificada, com teatro, música e outras áreas subjacentes como o novo circo", esclarece Luís Oliveira. No dia 29 de abril, Lousada recebe o concerto acústico de Luísa Sobral que encerra a primeira parte do Folia.

No dia 3 arranca a 10ª edição do Foliazinho, porque "ainda havia espaço para oferecer espetáculos aos mais novos, um festival dedicado à infância e à juventude" conta Luís Oliveira. Este segmento que tem o intuito de educar o gosto das gerações mais novas, tem os espetáculos todos classificados para maiores de três anos. "Eu digo, por brincadeira, que este ano temos um festival dedicado à realeza com "O Rei que comia histórias", um trabalho de marionetas -", "O príncipe Nabo" de trabalho de ator e o "Principezinho" como teatro musical", aclara o responsável.

As récitas de "Principezinho", pela Jangada Teatro, para este fim de semana já estão esgotadas. Pelo Festival devem passar mais de 2000 pessoas. "O Folia é um motor de desenvolvimento cultural na grande região do Tâmega e Sousa", conta Luís Oliveira.

Os bilhetes custam entre 3 e 5 euros.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado