Cultura

Francês vence grande prémio do Porto/Post/Doc

Francês vence grande prémio do Porto/Post/Doc

Dos 12 filmes em competição na primeira edição do festival Porto/Post/Doc - que terminou este sábado, no Teatro Rivoli -, nove estrangeiros e três portugueses, foi escolhido como vencedor do Grande Prémio Porto/Post/Doc, Prémio Atelier des Créateurs, o filme "Letters to Max", do realizador Éric Baudelaire, sobre um país que não existe e a experiência pessoal de um dos seus dirigentes.

O galardão tem o valor de três mil euros.

Nesta categoria, foram distinguidos dois filmes com uma Menção Honrosa: "João Bénard da Costa - Outros amarão as coisas que eu amei", do realizador Manuel Mozos, e "Storm children - Book one", do realizador Lav Diaz.

Por seu lado, o Prémio Biberstein Gusmão, destinado aos novos cineastas, premiou com uma residência artística no Moinho da Fonte Santa o filme "Nebel", do realizador Nicole Vögele. Foi distinguido com uma Menção Honrosa o filme "Our terrible country", do realizador Ziad Homsi.

Entretanto, já se sabe que a segunda edição do festival, centrada na adolescência, acontecerá de 1 a 8 de dezembro de 2015.

A deste ano registou a comparência de mais de 6300 pessoas, entre as quais, 20 realizadores. Houve, ainda, mais de 300 participantes no Fórum "Onde está o real". Das 57 sessões, apresentadas entre o Rivoli, Passos Manuel e Maus Hábitos, 34 foram estreias em Portugal, das quais três estreias absolutas.

Foram exibidos 11 filmes portugueses e estiveram representados 27 países.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado