Cultura

Isabel Mota eleita presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

Isabel Mota eleita presidente da Fundação Calouste Gulbenkian

A administradora Isabel Mota foi eleita presidente do conselho de administração da Fundação Calouste Gulbenkian, sucedendo no cargo a Artur Santos Silva.

De acordo com um comunicado da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), a nova presidente foi eleita por unanimidade na reunião do conselho de administração da entidade, e iniciará funções a 3 de maio de 2017, data em que termina o mandato do atual presidente, Artur Santos Silva.

Isabel Mota, membro executivo do Conselho desde 1999, "foi eleita por voto secreto, depois de ter aceitado apresentar-se à votação do conselho, por solicitação unânime dos seus colegas", indica a fundação.

Nos termos da política da FCG, Artur Santos Silva, de 75 anos, não pode ser reconduzido.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado