Cultura

Morreu escritora Edmonde Charles-Roux

Morreu escritora Edmonde Charles-Roux

A jornalista e romancista francesa Edmonde Charles-Roux morreu na noite de quarta-feira em Marseille, no sul de França, aos 95 anos, disse à AFP fonte da Academia Goncourt.

Debilitada desde dezembro, Edmonde Charles-Roux morreu numa casa de repouso, disse Marie Dabadie, porta-voz da Academia Goncourt, que tinha sido presidida pela romancista.

A autora era viúva de Gaston Deferre, figura histórica de Marselha, onde foi presidente da câmara durante vários anos.

A Academia Goncourt, presidida por Bernard Pivot atribui todos os anos o prémio francês de literatura.

O Prémio Goncourt é atribuído desde 1903, com o objetivo de distinguir "o melhor e mais imaginativo" romance de língua francesa, publicado no ano em causa.

Marcel Proust, André Malraux, Henri Troyat, Elsa Triolet, Simone de Beauvoir, Michel Tournier, Patrick Modiano (Nobel da Literatura em 2014), Marguerite Duras, Yann Queffélec, Tahar Ben Jelloun, Érik Orsenna, Amin Maalouf, Jean Echenoz, Pascal Quignard e Michel Houellebecq estão entre os vencedores do principal prémio da Academia Goncourt.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM