S. João da Madeira

Party Sleep Repeat arranca à tarde e tem dois palcos

Party Sleep Repeat arranca à tarde e tem dois palcos

O festival que celebra a amizade e a vida através da cultura e da solidariedade acontece este sábado, na Oliva Creative Factory, em S. João da Madeira.

Esta é a quinta edição da festa que conta pela primeira vez com mais um palco e uma banda internacional emergente - até aqui só tinha recebido bandas portuguesas -, os madrilenos Baywaves. A receita da bilheteira reverte para causas sociais.

"Este ano, para além de mais um palco que ficará no exterior, os concertos começam ainda durante a tarde, por voltas das 17 horas, e prolongam-se até de madrugada", explica Tiago Valente dos Santos, presidente da associação organizadora.

O festival, que no ano passado teve dois dias, nesta edição terá o mesmo número de artistas num só dia (22). The Legendary Tigerman é o cabeça de cartaz, que se junta a nomes como Riding Pânico, Toulouse, The Sunflowers, Marvel Lima ou Prana, que jogam em casa.

Os bilhetes custam 7 euros e estão à venda na last2ticket. No dia do evento, a entrada aumenta para 10 euros e só pode ser adquirida à porta da Oliva. À semelhança dos anos anteriores, as receitas da bilheteira revertem para o projeto "Apadrinhe Esta Ideia", que apoia famílias carenciadas, da Associação de Jovens Ecos Urbanos e para projetos de investigação da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

O espaço abre portas às 16 horas, já que o bilhete oferece também uma visita guiada ao Núcleo de Arte da Oliva Creative Factory. Há autocarro gratuito com partida do Porto, em frente à livraria Lello, às 16 e às 21 horas, e há também de regresso às 3 e às 5 horas.

Melhor Festival Pequeno Português

Considerado o Melhor Festival Indoor da Península Ibérica em 2016, o Party Sleep Repeat (PSR) voltou a ser reconhecido, em 2017, nos Iberian Festival Awards, desta vez com o prémio de Best Small Portuguese Festival. "O concurso ganhou notoriedade e concorreram festivais com maior dimensão. Aliás, concorremos com festivais profissionais", explica Tiago Valente dos Santos sobre a importância do prémio.

O festival Party Sleep Repeat começou em 2013, pelas mãos de um grupo de amigos, em homenagem a Luís Fernandes Lima, que faleceu em 2012 vítima de cancro. Este sábado completa uma mão cheia de edições e o objetivo, garante Tiago, continua a ser "celebrar o amor". "Esta é a forma perfeita de lembrar o Luís, um amigo profundamente ligado à cultura e à solidariedade", conclui.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM