titimg

Sobre

Velocidade é um blogue de Armando Fonseca Júnior dedicado a automóveis e desportos motorizados.

Todo-o-terreno
18-8-2011

 

Com a imagem dos Açores bem presente neste novo projecto, Bruno Oliveira vai participar no próximo fim-de-semana no Gorm 24H Race a prova de 24 horas que se disputa, pelo terceiro ano consecutivo, na Alemanha. O piloto dos Açores vai voltar a fazer equipa com a alemã Ellen Lhor que em Dezembro do ano passado esteve em Portugal a participar nas 24 Horas TT Vila de Fronteira, aos comandos da Mazda BT 50 do Açores TT Team (foto em cima).

 

A equipa, que se completa com Chris Vogler e Thomas Wallenwein, vai disputar a prova aos comandos de um Mercedes ML 430.

 

“Depois da participação da Ellen e do Chris na prova portuguesa ficou no ar a possibilidade de eu me juntar a eles na competição alemã. É uma parceria que está para durar e que vai continuar nas 24 Horas de Portugal em Dezembro. É um projecto que nos ajuda a promover os Açores além fronteiras, com particular destaque para o fortíssimo mercado alemão. Desportivamente creio que, com uma estratégia de muito rigor, poderemos fazer uma corrida muito interessante” salienta Bruno Oliveira.

Publicado por velocidade às 19:47
29-6-2011

 

Foi nas margens da barragem da Aguieira, junto à localidade de Ázere, em Tábua, que o MK – Makinas Associação de Desportos, realizou a quarta jornada do Campeonato Nacional de Trial 4x4. Uma prova que se realizou pela primeira vez naquela zona do centro do país e que teve 16 equipas a participar. Esta resistência em Trial 4x4, marcou o regresso às vitórias da dupla Emanuel Costa/Carlos Filipe (foto em cima).

 

Tinham conseguido a  vitória em Santa Maria da Feira, na prova inaugural deste campeonato, mas as duas jornadas seguintes – Alenquer e Montalegre – tiveram como vencedores Armando Oliveira/Paulo Jorge. Em Tábua, Emanuel Costa e Carlos Filipe lideraram desde o arranque até ao baixar da bandeira de xadrez, o que aconteceu três horas depois do arranque.

 

Se quanto aos vencedores o despique quase não aconteceu, já o inverso ocorreu relativamente aos outros dois lugares do pódio. Pela segunda posição, andaram Domingos Oliveira/Paulo Jorge. Mas a cerca de 30 minutos do final, partiu-se o cubo de uma roda do jipe, o que levou à entrada no parque de assistência e fez com que a equipa perdesse duas posições, passando para o quarto posto.

 

Quem ficou com o segundo lugar foi Paulo Candeias, que teve como navegador Luís Carlos. Candeias conseguiu este posto, depois de uma forte recuperação, pois arrancou do nono posto da grelha de partida. Numa prova em que não conheceu problemas mecânicos, Candeias manteve a segunda posição, até ao final.

 

Com a paragem de Domingos Oliveira, que passou para terceiro foi a dupla Vasco Andrade/Nuno Graça, mas a última volta viria a ser-lhe fatídica: Um eixo partido, obrigou-os a parar, passando Domingos Oliveira para o terceiro posto.

 

Vasco Andrade ainda conseguiu manter a quarta posição, pois Luís Jorge/Nuno Passos terminaram na mesma volta de Andrade, mas este tinha passado pela meta primeiro, nessa volta.

 

Luis Jorge chegou a estar em terceiro, mas um incêndio no guincho atirou-o para a quinta posição, em que terminou.
Quanto ao Campeonato de Trial, Emanuel Costa consolidou a liderança, com Vasco Andrade no segundo lugar, a perder alguns pontos para o comandante. Domingos Oliveira é o terceiro. Tudo em aberto quanto ao título, quando ainda faltam duas provas, pois são só 10 pontos que separam o primeiro do terceiro.

 

Classificações
Na prova

1º Stand Emanuel Costa/Emanuel Costa/Carlos Filipe (Jeep Wrangler) 18 voltas em 2:55.33,143 horas;
2º Standcandeias.com/Paulo Candeias/Luís Carlos (Jeep Wrangler TJ) a 3 voltas;
3º Indigo/Vicitcork/Domingos Oliveira/Paulo Jorge (Nissan Navara) a 3 v;
4º Repsol TT/Vasco Andrade/Nuno Graça (Toyota Hilux) a 4 v;
5º Hortículas-Cerâmica Team/Luís Jorge/Nuno Passos (Suzuki Samurai Proto) a 5 v;
6º Jipes Cª Troqouro/Domingos Parente/João Pinto (Nissan Patrol GR) a 5 v;
7º Grupo JANF/Kubota/José Alexandre/Paulo Nunes (Nissan Patrol GR) a 6 v;
8º Revi-Clap/Domingos Diniz/Vítor Seabra (Jeep Wrangler) a 7 v;
9º Paljet/Jorge Silva/Miguel Rios (Nissan Navara) a 10 v;
10º Cutelarias-Vimaelectrica/Acrísio Freitas/Ricardo Dias (Toyota Hilux) a 11 v;
11º Team Serrão/Alexandre Lemos/Tiago Santos (Toyota Hilux) a 12 v;
12º Assador-Publimendes/Rui Dias/José Pires (Ebro Patrol) a 13 v;
13º LM4 TUFF 4x4/Luís Santos/Diogo Mendes (Nissan Patrol GR) a 15 v;
14º Fevinor SA/Victor Ribeiro/Vitorino Morais (Nissan Navara) a 16 v;
15º Bombamotorsport/Nuno Cunha/Daniel Figueiredo (Nissan Patrol) a 17 v;
16º JCNJ/João Carlos Silva/Bruno Gomes (Nissan Patrol GR) a 17 v.
Campeonato após a 4ª prova
1º Stand Emanuel Costa-Cibercar-Castrol/Emanuel Costa/Carlos Filipe - 147 pontos; 2º Repsol TT/Vasco Andrade/Nuno Graça – 138; 3º Indigo-Vicitcork/Domingos Oliveira/Paulo Jorge – 137; 4º Paljet/Jorge Silva/Miguel Rios – 122; 5º Stand Candeias/Paulo Candeias/Luís Carlos – 109; 6º Cutelarias-Vimaelectrica/Acrísio Freitas/Marcelo Mendes – 106; 7º Jipes & Cª Troqouro/Domingos Parente/João Pinto – 106; 8º Hortículas-Cerâmica T/Luís Jorge/Nuno Passos – 102; 9º LM4 TUFF 4x4/Luís Santos/Diogo Mendes – 96;  10º Team Serrão Serraocebolo.com/Alexandre Lemos/Miguel Santos – 94; (mais 17 equipas classificadas)

Publicado por velocidade às 23:25
31-5-2011

 

Com a presença de 17 equipas, o circuito de Montalegre foi palco para a terceira jornada do Campeonato Nacional de Trial 4x4. Domingos Oliveira mostrou estar em forma e, tal como aconteceu na jornada anterior, em Alenquer, venceu a prova.

 

Só 16 das 17 equipas presentes em Montalegre conseguiram classificar-se. A dupla Domingos Oliveira/Paulo Jorge, com uma Nissan Navara, assumiu o comando ainda no decorrer da primeira volta, tendo completado esta já com uma diferença substancial sobre os segundos classificados, que nessa altura eram Luís Jorge/Nuno Passos, com um Suzuki Samurai Proto.

 

Enquanto Domingos Oliveira viria a comandar toda a prova, já a equipa do Suzuki, Jorge/Passos, viria a perder o segundo posto para Victor Ribeiro/Vitorino Morais, em Nissan Navara. Ribeiro e Morais começaram a prova na oitava posição, mas com cerca de uma hora de corrida, já se encontravam no segundo posto, posição que não mais perderiam até ao baixar da bandeira de xadrez.

 

Entretanto, o maior interesse desta prova de resistência, encontrava-se na luta pela terceira posição, entre Luís Jorge/Nuno Passos e a Nissan Navara de Jorge Silva/Miguel Rias. Estas equipas trocaram várias vezes de posição, entre si, mas Luís Jorge acabou por garantir o terceiro posto. Com Jorge Silva no quarto lugar, Domingos Parente/João Pinto, terminaram esta jornada de resistência no posto seguinte.

 

Depois de três provas já realizadas, o Campeonato Nacional de Trial é comandado por Emanuel Costa, que totaliza 106 pontos, seguido de Vasco Andrade, com menos 2, e do vencedor desta jornada, Domingos Oliveira, que soma 101 pontos. A próxima prova é em Tábua, no dia 26 do próximo mês de Junho.

 

Classificações
Prova de Montalegre

1º,  Indigo-Vicitcork/Domingos Oliveira/Paulo Jorge (Nissan Navara) 19 voltas em 2:53.02,672 horas;
2º,  Fevinor SA/Victor Ribeiro/Vitorino Morais (Nissan Navara) a 2 voltas;
3º,  Hortículas-Cerâmica T/Luís Jorge/Nuno Passos (Suzuki Samurai Proto) a 3v;
4º,  Paljet/Jorge Silva/Miguel Rios (Nissan Navara) a 4v;
5º,  Jipes & Cª Trogouro/Domingos Parente/João Pinto (Nissan Patrol GR) a 4v;
6º,  Repsol TT/Vasco Andrade/Nuno Graça (Toyota Hilux) a 5v;
7º,  Stand Emanuel Costa-Cibercar-Castrol/Emanuel Costa/Carlos Filipe (Jeep Wrangler) a 5v;
8º,  Assador-Publimendes-Tecto Dec/Rui Dias/José Pires (Ebro Patrol) a 5v;
9º,  Team Serrão-Serraocebolo.com/Alexandre Lemos/Miguel Santos (Toyota Hilux) a 7v;
10º, Stand Candeias/Paulo Candeias/Luís Carlos (Jeep Wrangler TJ) a 8v;
11º, LM4 TUFF 4x4/Luís Santos/Diogo Mendes (Nissan Patrol GR) a 9v;
12º, Cutelarias-Vimaelectrica/Acrísio Freitas/Marcelo Mendes (Toyota Hilux) a 10v;
13º, Grupo JANF-Stand Kubota/José Alexandre/Paulo Nunes (Nissan Patrol GR) a 10v;
14º, Revi-Clap/Domingos Diniz/Vítor Seabra (Nissan Patrol GR) a 14v;
15º, JCNJ/João Carlos Silva/Bruno Gomes (Nissan Patrol GR) a 18v;
16º, S3 Auto/António Marracho/Francisco Figueiredo (Jeep Wrangler) a 18v.
Campeonato após Montalegre
1º,  Stand Emanuel Costa-Cibercar-Castrol/Emanuel Costa/Carlos Filipe, 106 pontos;
2º,  Repsol TT/Vasco Andrade/Nuno Graça, 104;
3º,  Indigo-Vicitcork/Domingos Oliveira/Paulo Jorge, 101;
4º,  Paljet/Jorge Silva/Miguel Rios, 98;
5º,  Cutelarias-Vimaelectrica/Acrísio Freitas/Marcelo Mendes, 84;
6º,  LM4 TUFF 4x4/Luís Santos/Diogo Mendes, 80;
7º,  Jipes & Cª Trogouro/Domingos Parente/João Pinto, 76;
8º,  Team Serrão-Serraocebolo.com/Alexandre Lemos/Miguel Santos, 74;
9º,  Stand Candeias/Paulo Candeias/Luís Carlos, 71;
10º, Hortículas-Cerâmica T/Luís Jorge/Nuno Passos, 70.
(mais 16 equipas classificadas)

Publicado por velocidade às 17:07
28-5-2011

 

É já amanhã (domingo, dia 29) que o Campeonato de Trial regressa, agora mais ao Norte. Será a terceira jornada e realizar-se-á no Circuito Automóvel de Montalegre, onde foi “montada” uma pista com elevado grau de dificuldades, que permitirá a máquinas e pilotos, dar um bom espectáculo, ao muito público que é esperado naquela localidade barrosã.

 

Nas duas jornadas anteriores, Santa Maria da Feira e Alenquer, houve dois vencedores diferentes. Emanuel Costa venceu a primeira e Domingos Oliveira a segunda. São eles os actuais dois primeiros classificados, respectivamente, deste Campeonato Nacional de Trail 4x4, organizado pelo clube Trilhos do Nordeste, sob a égide da Federação Portuguesa de Todo o Terreno Turístico, Trial e Navegação 4x4.

 

Esta prova, que conseguiu uma lista de inscritos com cerca de duas dezenas de pilotos, vai apresentar algumas novidades. A primeira, prende-se com as novas “máquinas” de Domingos Oliveira e de Vítor Ribeiro. O primeiro, Oliveira, irá estrear um novíssimo Jeep Wrangler, enquanto Vítor Ribeiro vai apresentar um Nissan Navara.

 

Além disso, e logo a seguir à bandeirada de xadrez da prova, irá acontecer uma demonstração dos novos jipes de trial 4x4, os novos “Rock Crawler”.

 

Esta prova terá o figurino habitual, destas jornadas, com os treinos oficiais, que tem a duração de duas horas, a realizarem-se na manhã de domingo, enquanto pelas 14:00 horas será dada a partida para a prova de resistência, que terminará três horas depois.

 

Lista de Inscritos
1,   Stand Emanuel Costa/Emanuel Costa/Carlos Filipe, Jeep Wrangler
2,   Indigo/Vicitcork/Domingos Oliveira/Paulo Jorge, Nissan Navara
3,   Stand Candeias/Paulo Candeias/Luís Carlos, Jeep Wrangler TJ
4,   Repsol TT/Vasco Andrade/Nuno Graça, Toyota Hilux
5,   Fevinor SA/Victor Ribeiro/Vitorino Morais, Suzuki Samurai
6,   Paljet/Jorge Silva/Miguel Rios, Nissan Navara
7,   Revi-Clap/Domingos Diniz/Vítor Seabra, Nissan Patrol GR
8,   Jipes Cª Trogouro/Domingos Parente/João Pinto, Nissan Patrol GR
9,   JANF/Kubota/José Alexandre/Paulo Nunes, Nissan Patrol GR
10, Team Serrão/Alexandre Lemos/Miguel Santos, Toyota Hilux
13, Assador-Publimendes/Rui Dias/José Pires, Ebro Patrol
14, LM4 TUFF 4x4/Luís Santos/Diogo Barros, Nissan Patrol GR
15, JCNJ/João Carlos Silva/Bruno Gomes, Nissan Patrol GR
16, Hortículas-Cerâmica T/Luís Jorge/Nuno Passos, Suzuki Samurai Proto
19, Cutelarias-Vimaelectrica/Acrísio Freitas/Marcelo Mendes, Toyota Hilux
21, Stand Bastauto/Armando Bastos/Artur Texeira, Land Rover Defender
22, S3 Auto/António Marracho/Francisco Figueiredo, Jeep Wrangler
27, Rest Refúgio/Ricardo Lourenço/Paulo Lourenço, Jeep

Publicado por velocidade às 22:24
14-4-2011

 

 

Foi em Alenquer que se disputou a segunda prova do Campeonato Nacional de Trial 4x4. Um campeonato organizado pelos Trilhos do Nordeste Clube TT e, desta vez, com a parte desportiva a ser da responsabilidade do Centro Popular de Recreio e Cultura do Bairro.

 

A prova teve 22 equipas a participar, muito público a assistir, emoldurando um traçado de cerca de quatro quilómetros, com obstáculos de elevada dificuldade. Começou por ser comandada por Guilherme Castro, com um Nissan Patrol, que foi quem primeiro cortou a meta, no final da primeira volta, mas pouco depois viria a ser ultrapassado por Domingos Oliveira, em Nissan Navara (foto em cima).

 

Oliveira manteve-se na frente durante três voltas, pois na quinta passagem pela meta, foi Paulo Candeias, ao volante de um Jeep Wrangler, quem passou na liderança. Candeias esteve três voltas no comando e a cerca de metade da prova, Domingos Oliveira voltou para a frente, mantendo o comando até ao final das três horas de prova.

 

No segundo lugar classificou-se Emanuel Costa, em Jeep Wrangler, que com esta posição consolida o primeiro posto do campeonato. O pódio ficou completo com Vasco Andrade, em Toyota Hilux.

 

No Troféu Gigglepin, promovido pela Drag Race para os utilizadores de guinchos daquela marca, a vitória foi igualmente de Domingos Oliveira, com o segundo posto a pertencer a Vasco Andrade. Em terceiro, também ele a receber um prémio monetário, classificou-se Jorge Silva. A próxima jornada é em Montalegre, no final do mês de Maio.

Publicado por velocidade às 17:28
01-4-2011

 

Pontuável para o Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno (CPTT) 2011, o Ervideira Rali TT volta a ser uma das mais concorridas e desejadas jornadas do calendário. Numa organização da Sociedade Artística Reguenguense e com o apoio da Adega Ervideira, a prova alentejana disputa-se nos próximos dias 16 e 17 de Abril, na região de Reguengos de Monsaraz.

 

A cerca de 15 dias do arranque, começa a compor-se a lista de inscritos desta segunda prova do CPTT 2011 e, igualmente, a jornada de arranque do Desafio ELF/Mazda. São já várias as equipas confirmadas, num grupo onde, neste momento se destaca uma formação estrangeira e três do troféu do importador nipónico.

 

A internacionalização é encabeçada pelo piloto húngaro Pal Lonyai (foto em cima), sendo navegado pelo seu compatriota Zoltan Garamvölgy, o actual director da Baja da Hungria, prova do Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno. A dupla apresentar-se-á ao volante de uma Nissan Navarra da anterior geração, mas com preparação cuidada a cargo de Red Line Offroad Team, esperando alcançar um bom resultado naquela que será a sua estreia no Ervideira Rali TT.

 

Do Desafio ELF/Mazda contam-se já três equipas inscritas, todas elas aos comandos das ‘pick-ups’ Mazda BT-50, entretanto evoluídas durante a época de defeso: o Team Solar do Bitoque, com Rui Lopes/Luis Fonseca, e Xuxas Team Sport, que inscreve as duplas Paulo Pinto/Jorge Amaral e João Rato/José Motaco. Aguardam-se as restantes inscrições, nomeadamente de João Pais, o campeão de 2010.

Publicado por velocidade às 15:08
25-3-2011


O Ervideira Rali TT, organizado pela Sociedade Artística Reguenguense, que este ano, é a segunda etapa do Campeonato de Portugal de Todo-o- terreno 2010 (CPTT) e primeira do Desafio Elf/Mazda regressa às pistas de Reguengos de Monsaraz nos dias 16 e 17 de Abril.

 

O principal patrocinador da prova, a Adega Ervideira, e a Sociedade Artística Reguenguense, voltam a apostar no figurino do ano passado ao concentrar a prova no fim-de-semana com a realização de uma dupla passagem pela Super Especial (com uma distância de sensivelmente cinco quilómetros e cujo traçado é desenhado dentro dos terrenos da Herdadinha, na Vendinha) no sábado, para no domingo os pilotos cumprirem dupla passagem pelo sector selectivo de 150 quilómetros.

 

Tendo sempre como preocupação a presença de público, a Super Especial deste ano será completamente nova, deixando de passar por detrás da Adega, permitindo assim, que todos os que se desloquem à Adega Ervideira nesse dia, possam ver qualquer ponto da mesma, que se desenrolará do lado direito de quem entra na zona das vinhas.

 

Como vem já vem sendo hábito, os homens da Sociedade Artística Reguenguense preparam para este ano um sector bem selectivo, num misto de zonas mais técnicas e lentas com grandes estradões em terra, com os últimos 30 km, a serem, quase na sua totalidade novos.

 

Estas alterações foram feitas, para criar mais espectacularidade para todos os amantes do todo-o-terreno que se deslocarem às belas planícies alentejanas da zona de Reguengos de Monsaraz. E para facilitar o acesso e o desfrutar do espectáculo, estão previstas várias zonas espectáculo ao longo do percurso, medida que aumenta a segurança e permite aos espectadores assistir à prova num só local evitando deslocações e contratempos.

Publicado por velocidade às 16:33
01-3-2011

 

O Campeonato Nacional de Trail 4x4, organizado pelos Trilhos do Nordeste sobe a égide da Federação Portuguesa de Todo o Terreno Turístico, Trial e Navegação 4x4, teve a sua primeira jornada, no passado fim-de-semana, no Espaço Feira Aventura. Uma prova que teve a organização do clube Soluções TT e que se disputou em Santa Maria da Feira.

 

Nos treinos cronometrados, foi Paulo Candeias quem fez a volta mais rápida, com o seu Jeep Wrangler. Já na corrida, a sorte não esteve pelo seu lado, pois foi obrigado a parar, com cerca de 1 hora e 30 minutos de prova, devido a uma acidente que vitimou o seu Navegador, Óscar Meireles, felizmente sem consequências graves.

 

Com a paragem de Candeias, as portas da vitória ficaram abertas para Emanuel Costa, em Jeep Wrangler, que já liderava, quando o referido acidente obrigou a uma interrupção da corrida.

 

Emanuel Costa ficou com uma liderança mais destacada, vencendo, com Vasco Andrade, em Toyota Hilux, a terminar na segunda posição, mas com menos três voltas do que o vencedor.

 

No terceiro posto, classificou-se Acrísio Freitas, com outra Toyota Hilux, depois de uma boa recuperação, feita na segunda metade da prova. Luís Santos, em Nissan Patrol GR, em Nissan Patrol, e Jorge Silva, com uma Nissan Navara, completaram a classificação dos cinco primeiros.

 

Além do referido acidente, ocorreu um outro, com José Familiar, o navegador de José Oliveira, também este, sem consequências de maior. A prova teve 18 equipas participantes, com 14 delas a terminarem classificadas. De salientar a presença de uma forte moldura humana, estimada pela organização em cerca de 5 mil espectadores.

 

Classificação:
1º, Emanuel Costa Cibercar Castrol/Emanuel Costa/Carlos Filipe (Jeep Wrangler), 19 vts em 2:52.51,853 horas;
2º, Repsol TT/Vasco Andrade/ João Costa (Toyota Hilux), a 3 voltas;
3º, Cutelarias – Vimaelectrica/Acrisio Freitas/Marcelo Mendes (Toyota Hilux), a 4 voltas;
4º, LM4 TUFF 4X4/Luis Santos/Diogo Mendes (Nissan Patrol Gr), a 6 voltas;
5º, Paljet/Jorge Silva/Miguel Rios (Nissan Navara), a 6 voltas;
6º, Team Serrão-Serraoecebolo.com/Alexandre Lemos/Miguel Santos (Toyota Hilux), a 7 voltas;
7º, O Patryota/ Lucas Oil/Guilherme Coelho/Tiago Santos (Nissan Patrol), a 8 voltas;
8º, Standcandeias.com/ Paulo Candeias/Oscar Meireles (Jeep Wrangler TJ),  a 9v;
10º, Grupo JANF-Stand Kubota /José Alexandre/ Paulo Nunes (Nissan Patrol Gr), a 9 voltas;
11º, Indigo-Vicitcork/ Domingos Oliveira/Pedro Correia (Nissan Navara), a 12 voltas;
12º, Pensa Rapido/Nelson Costa /Ernesto Costa (Nissan Patrol), a 12v;
13º, Jipes & Companhia-Troqouro/Domingos Parente /João Pinto (Nissan Patrol Gr), a 13 voltas;
14º, JCNJ/ João Carlos Silva/Bruno Gomes (Nissan Patrol GR), a 14 voltas.

Publicado por velocidade às 21:23
01-2-2011

 

Depois de duas épocas em que se denominava Troféu Ibérico de Trial 4x4, esta temporada a competição de todo-o-terreno promovida pelos Trilhos do Nordeste, viu todo o sucesso, das últimas épocas, premiado pela FPTT, ao passar a ser um campeonato nacional.

 

Como prémio de todo o trabalho desenvolvido, nos últimos anos, pelos homens do Trilhos do Nordeste, este ano a Federação Portuguesa de Todo o Terreno Turístico, Trial e Navegação 4x4 – FPTT – subiu esta competição a campeonato. Desta forma, vai passar a denominar-se Campeonato Nacional de Trial 4x4 e será constituído por seis jornadas.

 

A primeira, organizada pelo clube Soluções TT, é já no final deste mês de Fevereiro. Disputa-se no Espaço Aventura, em Santa Maria da Feira, no dia 27 de Fevereiro. Uma prova que terá início pelas 10 horas da manhã, com a realização dos treinos oficiais.

 

Depois, pelas 14:00 horas, iniciar-se-á a prova de resistência, que terá uma duração de três horas.

 

A esta jornada da Feira, segue-se a prova de Alenquer, no dia 10 de Abril. Cerca de um mês e meio mais tarde, a 29 de Maio, a caravana do Trial 4x4, desloca-se a Montalegre, para a disputa da terceira jornada.

 

A segunda metade deste Campeonato de Trial, tem o seu início em Tábua, no dia 26 de Junho, passando depois pela Lourinhã, em 18 de Setembro. A derradeira prova, é em Baltar, no dia 16 de Outubro.

 

Depois de na temporada passada a média de concorrentes por jornada ter rondado as duas dezenas, este ano são esperadas ainda mais equipas a disputar este Campeonato de Trial, que tantos espectadores atrai a todos os locais onde se disputam as provas.

Publicado por velocidade às 18:30
22-11-2010

 

Ellen Lohr (foto em cima) é a grande novidade que a equipa do Mazda Açores TT Team vai apresentar nas 24 H TT Vila de Fronteira. A piloto alemã, juntamente com o seu compatriota Chris Vogler, irá formar equipa com o açoreano Bruno Oliveira e com a portuense Lígia Albuquerque, partilhando os comandos da Mazda BT 50 recordista de vitórias no Desafio ELF/Mazda (foto em baixo).

 

A piloto alemã tem uma multifacetada carreira no desporto automóvel que incluiu uma vitória no DTM em 1992, mas também participações no campeonato de turismo alemão, campeonato alemão de ralis, corridas de camiões e mais recentemente competições de todo-o-terreno, com duas participações no Dakar.

 

“As 24 H TT é um evento que me parece ser muito interessante. O meu amigo Dinis Mota deu-me a dica e fiquei muito entusiasmada. Gosto imenso de Portugal e o arquipélago dos Açores, de onde é esta equipa, é maravilhoso. Foi em Portugal que disputei o meu primeiro rali e estou ansiosa de ver chegar a data da prova. Vou trabalhar com a equipa para levar a Mazda BT 50 até ao final e se assim for creio que poderemos fazer um bom resultado”, salienta Ellen Lohr.

 

Para Bruno Oliveira “a participação da Ellen Lohr é uma mais valia enorme para este projecto que associa a componente desportiva à promoção dos Açores. Juntamente com a Lígia Albuquerque vamos formar uma equipa bastante competitiva”.

 

Publicado por velocidade às 3:44
17-11-2010

 

Depois da estreia como piloto oficial da BMW X-raid, que teve lugar no passado mês de Outubro no Rallye OiLibya du Maroc, no qual participou aos comandos de um dos BMW X3 CC da formação germânica, Ricardo Leal dos Santos acompanhado de Paulo Fiúza esteve cinco dias em Tignes cumprindo o plano de preparação da equipa para o Rali Dakar.

 

Nesta conhecida estância de Inverno, todos os pilotos da equipa BMW X-raid e seus navegadores cumpriram um programa que incluiu bicicleta de montanha, caminhada, trabalho de ginásio no Aquacenter, squash e outros desportos no Tignespace.

 

“A preparação física para uma prova tão dura como o Dakar é muito importante. Em Tignes a equipa teve um cuidado especial para que esta preparação fosse realizada em altitude, porque o Dakar Argentina-Chile tem a particularidade de ter uma passagem com estas características”, explica Ricardo Leal dos Santos, o piloto português que é apoiado pela Delta Q, tal como os seus companheiros Stéphane Peterhansael e Guerlain Chicherit (na foto em cima, com Leal dos Santos).

 

Em Tignes, para além de Ricardo Leal dos Santos e Paulo Fiúza, estiveram mais quatro pilotos e os seus navegadores, bem como Sven Quandt, o Team Manager, e mais três elementos do staff da equipa BMW X-raid.
Dentro do programa de preparação para o Rali Dakar Argentina-Chile 2011 segue-se ainda um estágio de mecânica antes do embarque das viaturas para Buenos Aires.

 

O arranque da prova está agendado para o primeiro dia do ano de 2011 na capital da Argentina.

Publicado por velocidade às 16:02
16-11-2010

 

A dupla Paulo Candeias/Oscar Meireles (foto em cima), aos comandos do Jeep Wrangler inscrito pelo Standcandeias.com foi a grande vencedora do Super Especial Trial 4x4 – OFM que teve lugar em Santa Maria da Feira. No espaço Feira Aventura a chuva que caiu intensamente ao longo dos dois dias de competição complicou ainda mais a vida das equipas que assim tiveram que enfrentar não só os obstáculos naturais da pista, como o crescente lamaçal que se foi criando ao longo do percurso. Apesar do mau tempo foram muitos os espectadores que assitiram a um magnífico espectáculo proporcionado por algumas das mais consagradas equipas portuguesas de Trial.

 

Nesta derradeira jornada a competição foi repartida por duas corridas de 3 horas de resistência – uma nocturana e outra diurna -  com todas as equipas simultâneamente na pista preparada pelo Soluções TT, Clube que organizou esta prova com o apoio da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira.

 

A dupla Paulo Candeias/Oscar Meireles (Jeep Wrangler) triunfou em ambas as corridas completando um total de 28 voltas mais 10 que o segundo classificado e ainda ajudou muitos dos adversários que passavam por situações complicadas. Na segunda posição terminou a equipa Paljet/Padaria Flor de Ermesinde, com Jorge Silva/Miguel Rios em Nissan Patrol GR (foto em baixo). Na Categoria de Série a equipa vencedora desta jornada a Reviclap.pt, com Mickael Dinis e Daniel Matias, numa Toyota Hilux impôs-se à dupla Raul Moreira/António Faria (Land Rover Defender) da Rofer, que conseguiu a vitória absoluta no somatório das três jornadas e o direito a ir à finalíssima com a equipa liderada por Paulo Candeias.

 

Nesta finalíssima Paulo Candeias foi, tal como se esperava o mais rápido em ambas as mangas e consagrou-se assim vencedor do Super Especial Trial 4x4 – OFM que segundo Mário Castro, o organizador, será reeditado em 2011.

 

Publicado por velocidade às 16:35
05-11-2010

 

Numa Baja 500 Portalegre onde a chuva foi uma presença constante, tornando esta 24ª edição uma das mais difíceis de sempre, João Pais, acompanhado de José Janela, aos comandos da Mazda BT 50, inscrita pela Auto Sueco Coimbra, não só conseguiu o triunfo entre os concorrentes do Desafio ELF/Mazda 2010, como alcançou desde já o título, não tendo de esperar pelo resultado nas 24 TT Vila de Fronteira, prova que encerra a temporada.

 

“Sou jovem e nos últimos anos não choveu em Portalegre por ocasião da Baja. Assim tive a oportunidade  de me estrear e viver por dentro as dificuldades, mas também a enorme emoção de sentir uma prova que, por todas estas caraterísticas, se tornou mítica. As condições meteorológicas obrigaram a uma condução muito cautelosa com índices de concentração redobrados e o José Janela teve um papel importante neste capítulo. Claro que a infelicidade de alguns dos meus adversários tornou o caminho para a vitória mais fácil, embora a tensão de estar na luta por uma determinada posição nos ajude a manter todos os sentidos ainda mais apurados. A nossa Mazda BT 50 esteve também impecável, superando uma prova com condições extremamente adversas”, salienta João Pais que acrescenta:

 

“A renovação do título vem coroar todo o trabalho de uma equipa e quero partilhar com todos os que comigo vivem este projecto a felicidade de me sagrar campeão, um título que este ano adquire um significado ainda maior porque tem a chancela da FPAK”.

 

Nos lugares de pódio terminaram as duplas Carlos Aires-Francisco Bernardino e Rui Lopes-Luís Ferreira (Team Solar do Bitoque).  Estas duas formações, com as suas Mazda BT 50, completaram a Baja 500 Portalegre respectivamente na 14ª e 16ª posições da classificação geral abasoluta, em que João Pais foi 11º.

 

Classificação do Desafio ELF/Mazda 2010 (após quatro provas):
Pilotos
1º João Pais, Auto Sueco Coimbra, 46 pontos
2º Bruno Oliveira, RPF 2, 23 pontos
3º Rui Lopes, Fino Comércio de Automóveis, 22 pontos
4º Paulo Pinto, Xanauto, 18 pontos
5º Carlos Aires, Xanauto, 8 pontos
6º Henrique Silva, Santos da Cunha 2, 6 pontos
6º Durval Costa, SGS Car, 6 pontos
Navegadores
1º João Rato, Auto Sueco Coimbra, 36 pontos
2º Bruno Fernandes, RPF 2, 23 pontos
3º Luís Ferreira, Fino Comércio de Automóveis, 22 pontos
4º José Janela, Auto Sueco Coimbra, 10 pontos
5º Pedro Marcelo, Xanauto, 8 pontos
5º Francisco Bernardino Xanauto, 8 pontos
7º Rui Gomes, Santos da Cunha 2, 6 pontos
7º Pedro Marcão, SGS Car, 6 pontos
9º Ricardo Cortiçadas, Xanauto, 5 pontos
9º Luís Cavaleiro, Xanauto, 5 pontos


 

Publicado por velocidade às 10:26
04-11-2010

 

Com 70 anos recentemente celebrados, António Santinho Mendes foi no passado fim-de-semana uma das figuras em destaque na Baja 500 Portalegre. Campeão Nacional de Velocidade, de Ralis, de Autocross e de Todo-o-terreno, Santinho Mendes teve como prenda dos filhos uma Mitsubishi L200 e uma inscrição na mais emblemática das provas nacionais.

 

O piloto de Abrantes, que em Portalegre foi por três vezes segundo classificado – 1987 (na 1ª edição), 1991 e 1997 – mostrou claramente que os anos não lhe pesam e levou a sua máquina, uma Mitsubishi L200 Strakar quase de série e preparada nas oficinas da Gercar pelo filho mais velho, a um notável 12º lugar absoluto desta prova pontuável para a Taça Internacional FIA de Bajas.

 

“E podia ter sido melhor. Tivemos de parar para substituir uma peça de acordo com as instruções que o meu Zé Manel me tinha dado, no caso de o carro começar a falhar e achei que era melhor não forçar porque queria terminar a corrida. Mas estava bem e podia ter apertado um bocadinho mais com a máquina. Gosto do Portalegre assim e diverti-me bastante aqui com o meu amigo Carlos [Carlos Bexiga, o co-piloto]”, explica Santinho Mendes.

 

Na Super Especial com que se iniciou o rali nem tudo correu bem. A equipa só tarde se lembrou de ver a pressão dos pneus que estava exageradamente alta e não houve tempo para regular tudo. O 41º tempo teve todavia pouca influência porque, sem pó não houve qualquer dificuldade em fazer ultrapassagens e foram muitas as que Santinho Mendes teve de efectuar. “Por mim só passou um” disse divertido.

 

Menos sorte teve o piloto e técnico José Mendes que, acompanhado do irmão Vitor, estava bem próximo do Top 10 quando se partiu um roda do Opel Astra Proto a 30 quilómetros do final.

 

Em finais de Novembro a família volta a reunir-se para disputar as 24 horas TT Vila de Fronteira e Santinho Mendes irá fazer mais uma pausa no golfe, com que agora ocupa a maioria dos dias.

Publicado por velocidade às 19:07
30-10-2010

 

O polaco Kryzstof Holowczyc (Nissan Navara) venceu hoje (sábado) a 24.ª edição da Baja Portalegre 500 de todo-o-terreno e a Taça FIA de Bajas, beneficiando da desistência do português Miguel Barbosa (Mitsubishi Lancer), que liderava a prova.

 

“Foi incrível esta tarde. Nunca tinha visto tanta água na vida. Parece que entrámos numa poça de água no início da especial e saímos no fim”, afirmou Holowczyc, elogiando o “road-book” e a “organização perfeita”.

 

O polaco, terceiro no final da segunda especial atrás de Barbosa e do português Pedro Grancha (Nissan Offroad), impôs-se no terceiro e último troço cronometrado, garantindo a vitória na corrida alentejana. Barbosa, vencedor do prólogo na sexta-feira e da segunda especial, acabou por partir a correia do alternador do seu Mitsubishi, tal como o russo Boris Gadasin (Proto G-Force), devido à pressão de combustível.

 

Com um registo de 5:41.08 horas, Holowczyc deixou Filipe Campos (BMX X3, na foto em cima)) na segunda posição a 7.33 minutos, que, mesmo assim, reconquistou o título nacional, e o espanhol Joan Roca Vila (Mitsubishi L200) no terceiro posto, a 18.24 minutos.

 

“Esta tarde foi muito difícil. Entrava água por todo o lado e o limpa pára-brisas deixou de funcionar, por isso o Jaime (Batista) tinha que ir sempre a carregar no botão. Foi muito complicado, mas cumprimos o objectivo que tínhamos, que era revalidar o título e por isso estamos muito satisfeitos”, frisou o campeão português, reconhecendo que “nunca tinha visto nada assim”.

 

Nas motas, António Maio (Yamaha YZ 450 F) repetiu os triunfos de 2007 e 2008, deixando Mário Patrão (Suzuki RMX-Z) na segunda posição, a 1.30 minutos, e David Megre (KTM EXC 450 R) no terceiro posto, a 23.54 minutos.

Publicado por velocidade às 21:11

PUB
A TODO O GÁS
ARQUIVO MENSAL
PUB
ARQUIVO DO BLOGUE
TAGS
FALE COM O AUTOR