Cultura

Frankie Chavez no Caparica Primavera Surf Fest

Frankie Chavez no Caparica Primavera Surf Fest

Frankie Chavez e Sean Riley and The Slowriders atuarão no Caparica Primavera Surf Fest, que decorre, de 17 a 26 de março, na Praia do Paraíso, em Almada.

O Caparica Primavera Surf Fest faz jus ao seu nome - dá as boas vindas à primavera, há ondas para surfar e música pelo meio. Ao longo de dez dias (de 17 a 26 de março), a Praia do Paraíso recebe mais de 700 atletas nas mais variadas modalidades ligadas ao mar, bem como mais de 20 artistas e DJs nacionais. Entre os artistas estão as mais recentes adições ao cartaz - Frankie Chavez e Sean Riley and The Slowriders.

Frankie Chavez está como um peixe na água - o músico português é também surfista e já assinou bandas sonoras para filmes da mesma temática. O mais recente álbum "Heart And Spine", de 2014, será, certamente, o destaque do concerto que o músico dará no Paraíso a 24 de março.

Nesse dia também irá atuar Sean Riley, que ruma à Caparica com os seus Slowriders. Os autores de "Farewell", um dos mais aclamados álbuns da banda, voltaram a reunir-se em 2015, depois de três anos dedicados a projetos paralelos. Os portugueses prometem voltar aos discos ainda este ano, depois de terem lançado a canção "Dili" no final de 2015.

O festival contará ainda com atuações de DJ Ride, Boss AC, Moullinex & Xinobi, The Black Mamba, entre tantos outros.

Os bilhetes diários custam dez euros e o passe geral trinta euros.

O sítio perfeito

A Costa da Caparica é um destino de excelência os praticantes de windsurf ou kitesurf. As ondas e os ventos das praias daquela cidade justificam a afluência de muitos amantes das modalidades ao longo do ano. O Caparica Primavera Surf Fest confirma, também, a presença dos melhores do windsurf e do kitesurf.

No dia 19, Elisiário Carvalho, o embaixador da modalidade no festival, leva à Praia do Paraíso um "wave show" com os melhores atletas do windsurf. Quem tiver curiosidade de experimentar a modalidade pode, inclusive, participar nos workshops que vão acontecer ao longo do evento, tentando "aliar a alta performance à pedagogia".

Para quem quiser voar, também há profissionais do kitesurf para ver, entre os quais Paulino Pereira, que conquistou o 4º lugar no Tarifa Strapless Pro, uma prova que reúne apenas a nata da modalidade.

Para Jorge Balau, responsável pela organização do evento de kitesurf no festival, as praias do concelho de Almada são ideais para a prática de kitesurf, uma vez que "há sempre um pouco de vento Norte a soprar aqui nestas praias, o que é ideal para a prática da modalidade", como explica Balau no comunicado de imprensa.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado