Cultura

George Clooney resgatou um cão que ninguém queria

George Clooney resgatou um cão que ninguém queria

O ator norte-americano George Clooney não resistiu aos encantos de Nate, um cão com uma má-formação congénita.

Foi um presente de Natal só agora tornado público. George Clooney apaixonou-se por um cão que vivia há nove meses no centro de resgate animal LuvFurMutts, nos Estados Unidos, e não pensou duas vezes: adotou-o e ofereceu-lhe um lar. A notícia foi partilhada na página de Facebook da associação, que explica a história de vida de Nate e o feliz destino que lhe calhou em sorte.

Quando foi resgatado, na companhia de outros 11 cães de uma matilha de 22, "as costelas conseguiam-se contar" a olho nu. Durante os nove meses que esteve para adoção, recebeu várias visitas, "mas as pessoas desistiam depois de o ver", descreve a LuvFurMutts na rede social. A sua má-formação fá-lo balançar uma perna. "Parece uma hiena". "O ponto alto foi quando um dos potenciais adotantes chorou ao vê-lo, recusando-se a ficar com ele. Disse que ficaria deprimido para o resto da vida se tivesse de olhar para o Nate todos os dias", prossegue a associação.

Tal como um filme de Hollywood, tudo mudou quando George Clooney incumbiu uma das suas assistentes, Angel, de tratar da adoção do cão. "Ele mostrou um vídeo do Nate aos pais, Nina e Nick Clooney, e todos se apaixonaram por ele. Na véspera de Natal, os pais da estrela do cinema norte-americano abriram a porta da sua casa ao filho e à mulher, a advogada Amal Clooney, e estes colocaram-lhes Nate nos braços.

"Eles poderiam ter qualquer cão no mundo, mas optaram por adotar que é deficiente e que poderia ter ficado na LuvFurMutts para o resto da sua vida. Queremos agradecer ao George Clooney e à Amal por esta adoção e pela sua doação à LuvFurMutts, que deu para cobrir todas as despesas que tivemos com as cirurgias do Nate", escreve ainda a organização de resgate no Facebook, para depois agradecer a Nick e Nina Clooney. "O melhor de tudo é que eles amam o Nate da forma que ele é e da forma que Deus o fez. É um final de conto de fadas para este príncipe", concluem.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado