cinema

Jennifer Lawrence será a amante de Fidel

Jennifer Lawrence será a amante de Fidel

A atriz Jennifer Lawrence será a protagonista do filme sobre Marita Lorenz, a amante do líder histórico de Cuba, Fidel Castro.

Jennifer Lawrence, que está nomeada para o Oscar de melhor atriz principal com o filme "Joy", irá interpretar a história de Marita Lorenz, que além de ter sido amante de Fidel Castro colaborou com os serviços secretos norte-americanos (CIA) numa tentativa de assassinato do líder cubano.

O site "Hollywood Reporter" revela que o filme vai chamar-se "Marita" e tem argumento de Eric Warren Singer, de "Golpada Americana". Uma história de amor e espionagem que irá mostrar como Fidel e Lorenz se conheceram em 1959 - ela tinha apenas 19 anos - a sua gravidez e posterior aborto, com muitas versões sobre o que verdadeiramente aconteceu.

Depois de Lorenz abandonar Cuba juntou-se ao movimento anticastrista em Miami, nos Estados Unidos, tendo colaborado com a CIA para voltar à ilha e cumprir a sua missão, em 1960. Mas em vez de matar o líder cubano, escolheu o amor.

Atualmente Lorenz tem 76 anos e vive em Maryland, nos Estados Unidos. Teve um caso com um ditador venezuelano; foi testemunha na investigação à morte do presidente John F. Kennedy, tendo afirmado que conheceu Lee Harvey Oswald em 1963, em Miami, no âmbito do movimento anticastrista; espiou diplomatas a pedido do FBI nos anos 70. A sua vida originou duas biografias.

Os estúdios Sony ainda não definiram o realizador do filme "Marita", que estimam estrear no final de 2017.

Conteúdo Patrocinado