Música

Petroleiro passou por cima do carro da banda Viola Beach

Petroleiro passou por cima do carro da banda Viola Beach

Um petroleiro navegou por cima do carro da banda britânica Viola Beach, revelam novos dados da investigação. O veículo foi confundido com um grande pedaço de neve.

Segundo o canal sueco "SVT", o Nissan Qashqai dos britânicos Viola Beach foi confundido com um grande aglomerado de neve quando um petroleiro M/T Tellus navegou por cima dele momentos depois cair da ponte, a madrugada de sábado passado, dia 13 de fevereiro.

"Não havia maneira de sabermos que estávamos a navegar por cima de um carro. A embarcação é demasiado larga para isso", afirmou Daniel Backman, um representante da empresa petroleira "Sirius Shipping", citado pelo jornal "The Telegraph".

Esta nova informação levanta a possibilidade de os músicos e o agente da banda terem sido mortos pela passagem do petroleiro e não com o impacto da queda de 25 metros. Além disso, explica por que motivo o carro estava tão danificado quando foi retirado do canal.

O petroleiro M/T Tellus pesa 7,500 toneladas quando está completamente carregado e tem uma capacidade de 11 mil metros cúbicos.

Para já, a hipótese mais provável adiantada pela investigação é a de que o condutor do automóvel não tenha percebido que a ponte tinha sido aberta para a passagem da embarcação.

"Segundo testemunhos, não houve luzes de travagem, por isso parece que eles simplesmente não perceberam que a ponte tinha sido aberta", explicou o inspetor Martin Bergholm ao site sueco "Aftonbladet".

"Ninguém percebeu que tinha caído um carro da ponte. Só soubemos disso no dia seguinte. Ninguém fez um alerta, por isso não soubemos de nada", acrescentou Daniel Backman.

Os Viola Beach nasceram em maio de 2015. Eram uma banda formada por quatro amigos de Warrington Chesire, Inglaterra. Tinham idades compreendidas entre os 19 e os 27. O agente, Craig Tarry, tinha 32 anos.

Estavam a Suécia para atuar no festival "Where"s the Music?", em Norrköping, na noite anterior ao acidente. Foi o primeiro concerto internacional da banda.

Conteúdo Patrocinado