Teatro Rivoli

Teatro Rivoli faz anos e a festa dura 18 horas

Teatro Rivoli faz anos e a festa dura 18 horas

Dança, teatro, performance, música e poesia para ver este sábado no teatro municipal que cumpre 84 anos

"Quem gostava de ter uma presidente no seu país ponha a mão direita sobre o coração; quem gostava de ter um rei ponha a mão sobre a cabeça", ouve-se nos auscultadores. As equipas dividem-se, mas a monarquia parece reunir bastante mais simpatizantes, a avaliar pelas pequenas mãos sobre a cabeça.

"Quem gosta de rock, toque guitarra no ar" - e a sugestão sussurrada transforma rapidamente a sala de ensaios do Teatro Rivoli numa eliminatória do concurso Air Guitar. "Quem quer aprender uma dança fácil e rápida faça: um passo à direita, um passo para trás, um passo para o lado e estala os dedos", a coreografia idealizada por Ivanna Muller e com um monstro verde como repetidor, põe a turma do 4.º ano da Escola da Fontinha a fazer um intricado jogo geométrico com os pés. "Saltem quando ouvirem uma palavra de que gostam: compota, cenoura, papa, vomitado...", os mais lentos ficam no ar nas palavras desprezíveis.... "Biercc, biercc", soltam perante as gargalhadas dos demais.

Num canto, a croata Ivanna Muller, que idealizou esta "Partituur", sorri. "Estou muito contente com o resultado, estas crianças são muito enérgicas, muito rápidas a responder", constata. O grupo foi o primeiro a participar neste jogo teatral, ontem de manhã, no Teatro Municipal Rivoli, inaugurando as celebrações do 84.º aniversário do teatro. O espetáculo, destinado a crianças maiores de seis anos, é apresentado às 11, 14.30 e às 16.30 horas, na sala de ensaios do Rivoli. As sessões têm o custo de 5 euros para adultos e de dois euros para as crianças.

Programa de festas das 11 às 5 horas

A programação para hoje no teatro é extensa, com atividades marcadas das 11 horas às 5 da manhã. O programa alberga um vasto leque de iniciativas, abrangendo dança, performance, música e poesia.

O espetáculo que decorre no Grande Auditório Manoel de Oliveira, às 21.30 horas, será "Ha!", da coreógrafa marroquina Bouchra Ouizguen. Interpelando os vários públicos que hoje compareçam à festa de aniversário, decorrerá em vários horários e espaços do teatro a performance de Cátia Pinheiro e José Nunes "Quick, quick, slow".

História polémica de um teatro

Ainda que a celebração de hoje assinale os 84 anos do Teatro Municipal Rivoli, o edifício original, então chamado Teatro Nacional, foi inaugurado em 1913. Nos anos seguintes, mudanças na cidade obrigaram a remodelar o imóvel. A 21 de janeiro de 1932 aparecia o Teatro Rivoli, num projeto da responsabilidade do arquiteto Júlio José de Brito. Maria Borges, filha do proprietário, deu ao teatro a sua época dourada com destaque na área da ópera. Nos anos 70, sem a arquitetura de uma programação regular, sofre um revés.

Em 1992 é salvo da demolição pela Câmara e em 1997 reabre as portas sob a direção de Isabel Alves Costa. Sob forte contestação em 2007, Filipe La Feria passa a gerir o teatro até 2011. Em setembro 2014, Tiago Guedes é escolhido para a direção, a sua programação cumpre agora um ano.

Outras sugestões:

17 horas: exposição de fotos

Às 17 horas inaugura "2015 Imagens", do fotógrafo José Caldeira que acompanhou a atividade do Teatro Municipal do Porto durante o ano de 2015.

18 horas: poesia a cinco vozes

Cinco recitadores de diferentes gerações vão dar voz às palavras de cinco poetas portugueses.

21.30 horas: dança

O Grande Auditório Manoel de Oliveira, recebe "Ha!", da coreógrafa marroquina Bouchra Ouizguen, inspirado nas quadras do poeta persa e místico sufi Djalâl ad-Dîn Rûmî.

23 horas: HHY & The Macumbas

Às 23 horas será a vez dos HHY & The Macumbas descerem ao sub-palco, para o primeiro concerto deste ano do ciclo "Understage".

Meia-noite: festa no Passos Manuel

O programa do 84º aniversário do Rivoli continua noite dentro, até às 5 horas, no bar Passos Manuel (ao Coliseu) ao som do colectivo D.M.A. - Disco My Ass.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado