Desporto

Miúdo portista em cadeira de rodas fica sem camisola após jogo quente

Miúdo portista em cadeira de rodas fica sem camisola após jogo quente

Um jogo entre as equipas B do F. C. Porto e do Benfica, em Inglaterra, ficou marcado por desacatos entre adeptos, após o tento portista e no final do duelo.

Um golo do brasileiro Gleison bateu o Benfica B (1-0) e apurou o F. C. Porto B para as meias-finais da Premier League International Cup, torneio para equipas sub-21 organizado pela liga inglesa.

Segundo apurou o JN, após o golo portista os adeptos das águias atiraram uma garrafa na direção do treinador azul e branco, Luís Castro. Após o jogo, um jovem adepto dos dragões, que assistia ao encontro numa cadeira de rodas, ficou sem o cachecol e sem a camisola oferecida por Gudiño, por ação de simpatizantes do Benfica. A tensão prolongou-se e a comitiva do F. C. Porto teve mesmo de deixar o estádio sob escolta.

O único golo do jogo foi marcado à passagem do minuto 34. O passe de André Silva encontrou Gleison na área e o brasileiro disparou sem defesa possível. A entrada de Sancidino, no segundo tempo, agitou o ataque das águias, mas a defesa portista e o guarda-redes Gudiño resolveram todos os lances e o F. C. Porto podia ter marcado o segundo. Os dragões jogarão a semifinal com o Villarreal, que, também esta quarta-feira, afastou o At. Bilbau (2-1).

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado