Jorge Jesus

Arquivado inquérito a Jesus por conversa com quarto árbitro

Arquivado inquérito a Jesus por conversa com quarto árbitro

A Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga de clubes arquivou o processo a Jorge Jesus, por um alegado comportamento incorreto no encontro com o Estoril-Praia, da nona jornada da I Liga portuguesa de futebol.

A CII abriu o processo após o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol ter enviado para este órgão 'links' da internet que faziam referência a um alegado comportamento incorreto de Jesus em relação ao quarto árbitro.

De acordo com a imprensa, Jesus terá dito ao quarto árbitro que sabia o que se tinha passado no ano passado, mas a CII diz que "em face da prova produzida, é inevitável a conclusão de que não existem indícios suficientes da ocorrência de qualquer infração disciplinar".

"Com efeito, da convergência das declarações prestadas quer pelo quarto árbitro quer pelo treinador resulta uma explicação razoável e verosímil para o acontecido: apercebendo-se de protestos por parte do treinador, o quarto árbitro advertiu-o da possibilidade de expulsão, tendo o treinador retorquido que se recordava do que sucedera no passado, por referência a uma expulsão determinada em época passada pelo mesmo árbitro".

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado