Desporto

Benfica é caso único europeu de equipa sem expulsões e penáltis contra

Benfica é caso único europeu de equipa sem expulsões e penáltis contra

Em grande plano na Liga dos Campeões, a duas semanas de começar a disputar os quartos de final com o Bayern Munique, o Benfica também se destaca na Europa por outro motivo.

Uma análise feita aos cinco primeiros classificados dos principais campeonatos do Velho Continente (Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha, França e Portugal) permite concluir que a equipa da Luz é a única que, no conjunto das jornadas já disputadas, ainda não viu um penálti assinalado contra, nem teve qualquer jogador expulso.

Na Liga portuguesa, a realidade dos clubes que se seguem ao Benfica na tabela é bem diferente: o Sporting, segundo classificado, já foi castigado com quatro grandes penalidades e outras tantas expulsões; o F. C. Porto teve um penálti contra e três cartões vermelhos; ao Braga foram assinalados quatro castigos máximos e mostrados sete vermelhos; o Arouca já teve quatro expulsões e três penáltis contra.

No topo das grandes ligas europeias, a única equipa que se aproxima dos registos do Benfica é o Barcelona, que, nas 30 jornadas disputadas até agora no campeonato espanhol, sofreu apenas um penálti e teve um jogador expulso.

Quanto aos outros líderes, o surpreendente Leicester foi castigado com duas grandes penalidades e um cartão vermelho na Premier League, tal como o PSG na Ligue 1; o Bayern teve duas expulsões e um penálti contra na Bundesliga, e a Juventus já viu quatro vermelhos e teve um castigo máximo assinalado na Série A.

No início desta semana, assinalou-se um ano sobre a última grande penalidade que um árbitro apitou a favor de um adversário das águias, no caso o madeirense Marco Ferreira, no Rio Ave-Benfica da 26.ª ronda do campeonato anterior, em que a equipa então treinada por Jorge Jesus foi derrotada, por 2-1.

Essa partida, realizada no dia 21 de março de 2015, foi também a última em que um jogador benfiquista viu um cartão vermelho no campeonato, tendo o central Luisão recebido ordem de expulsão direta, a cinco minutos do apito final.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado