Desporto

Boavista vence duelo dos últimos em Tondela

Boavista vence duelo dos últimos em Tondela

O Boavista venceu, esta segunda-feira, o duelo dos últimos, batendo o Tondela em casa por 2-1, numa partida em que jogou mais de 50 minutos em inferioridade numérica.

Apesar de ter ficado em inferioridade por mais de 50 minutos, após expulsão de Ruben Gabriel, o Boavista arrecadou os três pontos, com o golo da vitória a ser apontado aos 81 minutos por Idris.

Na primeira parte, os "axadrezados" adiantaram-se no marcador através de Iriberri aos 24 minutos, com o Tondela a reagir e a repor a igualdade aos 32, por intermédio de Nathan Junior, que não perdoou na conversão de uma grande penalidade.

O Tondela entrou no Estádio João Cardoso a tomar as rédeas da partida, mas foi o Boavista quem primeiro rematou à baliza, com Renato Santos a atirar ao lado aos 13 minutos.

O Tondela acelerou e aos 17 minutos esteve perto de inaugurar o marcador, com o guardião Mika a negar por duas vezes o golo a Bruno Monteiro.

Numa altura em que a equipa "auriverde" parecia comandar a partida, os "axadrezados" foram mais felizes e na sequência de um canto batido por Renato Santos, Iriberri respondeu de cabeça e fez o golo aos 24 minutos.

À meia hora de jogo, o árbitro assinalou grande penalidade a favor da equipa da casa, depois de Tiago Mesquita ter derrubado Wagner. Na conversão da grande penalidade, Nathan Junior repôs a igualdade.

Nos últimos 10 minutos da primeira parte o Boavista ficou reduzido a 10 jogadores, depois de Ruben Gabriel ter visto o segundo amarelo e consequente vermelho, que ditou a sua expulsão.

Na segunda parte, o nevoeiro obrigou a uma paragem quando decorria o minuto 52, com o árbitro de Coimbra, Tiago Antunes, a mandar jogar quatro minutos depois.

Em superioridade numérica, o Tondela tentou empurrar os "axadrezados" para o seu último reduto, embora sem lucidez suficiente para assustar a defesa forasteira.

Só aos 74 minutos o Tondela conseguiu rematar com perigo à baliza de Mika, com Nathan Junior a atirar ao lado.

No último quarto hora de jogo, o Boavista mostrou-se mais decidido e obrigou a equipa da casa, que nunca mais se reencontrou, a recuar.

Os "axadrezados" colocaram-se novamente em vantagem ao minuto 81, na sequência de um canto, em que Idris saltou mais alto do que todos e cabeceou para o fundo das redes de Zubikarai, que se estreou na I Liga.

O marcador acabou por não sofrer mais alterações até ao apito final do árbitro, deixando o Tondela cada vez mais em último, a sete pontos do penúltimo classificado (Boavista).

Conteúdo Patrocinado