Desporto

Bruno de Carvalho admite mais processos a ex-dirigentes

Bruno de Carvalho admite mais processos a ex-dirigentes

Bruno de Carvalho, líder do Sporting, indiciou que vão existir mais processos nos tribunais contra ex-dirigentes.

"A auditoria de gestão foi feita e levada a uma Assembleia Geral. O mesmo tipo de reunião que já decidiu tanta coisa boa e má para o Sporting. Foi e falou quem quis e os processos foram aprovados por larga maioria. Estão feitos (processos a ex-dirigentes), mais haverá, tem a ver com prazos e não escolhemos os prazos legais, eles é que nos apanham a nós", sublinhou Bruno de Carvalho durante o programa "Hora do presidente", no canal do clube, emitido na noite desta quinta-feira.

Godinho Lopes, Luís Duque, Nobre Guedes e Carlos Freitas foram alguns dos responsáveis leoninos visados nas ações anteriores. Resta apurar se o leque se mantém com outros factos ou se amplia com mais antigos elementos ligados ao clube.

Por outro lado, o dirigente assumiu a manutenção da estrutura da equipa de futebol para a próxima época, defendeu Teo Gutierrez - "será determinante nas sete finais" - e sustentou a ideia de aumentar o número de associados em mais 35 mil até ao final do mandato.

Bruno de Carvalho anunciou ainda o lançamento de um site que aceitará sugestões para a definição do equipamento alternativo em 2017/2018.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado