Desporto

Carlos Mozer é o novo treinador da Naval 1.º de Maio

Carlos Mozer é o novo treinador da Naval 1.º de Maio

O brasileiro Carlos Mozer é o novo treinador da Naval 1.º de Maio, ocupando o cargo deixado vago pelo afastamento de Rogério Gonçalves.

A informação foi confirmada à Agência Lusa pelo presidente do clube, Aprígio Santos.

Rogério Gonçalves foi demitido a 19 de Dezembro, após a derrota "caseira" da Naval frente à União de Leiria, por 3-0, na 14.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

Carlos Mozer, 50 anos, é o terceiro treinador a orientar a Naval na presente temporada, uma vez que Rogério Gonçalves havia já substituído o francês Victor Zvunka no comando técnico da equipa.

As mudanças de treinador da Naval 1.º de Maio reflectem-se na classificação da equipa na Liga, sendo "lanterna vermelha" do campeonato, com apenas cinco pontos, a quatro do Portimonense.

Esta será a primeira experiência de Mozer como técnico principal em Portugal, após passagens pelo Interclube de Angola, clube com o qual conquistou o Girabola (2007), e o Rajá Casablanca de Marrocos.

Mozer foi o primeiro adjunto de José Mourinho à frente do Benfica, quando o atual treinador do Real Madrid orientou os "encarnados" no final do ano 2000.

Em Portugal, Mozer notabilizou-se como jogador ao serviço do Benfica, clube que representou em dois períodos -- 1987/88 a 1988/89 e entre 1992/93 e 1994/95 -, e pelo qual se sagrou campeão nacional, em 1989 e 1994.

Na sua carreira como jogador representou ainda os brasileiros do Flamengo, entre 1980 e 1987, os franceses do Marselha, entre 1989/90 e 1991/92, e os japoneses do Kashima Antlers, entre 1995 e 1996, ano em que "pendurou as chuteiras".

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado