Desporto

"Continuar na luta" é o objetivo de Peseiro

"Continuar na luta" é o objetivo de Peseiro

O treinador do F. C. Porto sublinhou, na antevisão do jogo deste domingo com o Belenenses, que os dragões têm ambições no campeonato e, por isso, precisam de vencer no Restelo. Sobre as polémicas na arbitragem, poucas palavras.

José Peseiro afirmou que o F. C, Porto tem de jogar "no limite" das suas capacidades nas 11 jornadas que restam até ao final da Liga, para poder chegar ao título. "Queremos continuar na luta e é muito importante para nós vencer o Belenenses. Sinto a equipa com confiança", referiu.

Ainda sem poder contar com o lesionado Indi e, nesta partida, também sem o castigado Layún, o técnico desvalorizou os factores que têm condicionado o rendimento da equipa portista. "Lesões e castigos são normais em todos os clubes. Temos recursos suficientes", salientou, sem querer entrar em grandes considerações sobre a nomeação do árbitro João Capela para o jogo de Belém.

"O que sinto é que a minha equipa vai estar preparada a 100 ou 200%. Quanto aos outros intervenientes, espero que façam o seu trabalho, embora naturalmente eu não queira que o Belenenses jogue muito bem", disse Peseiro, assumindo o objetivo de contrariar a tendência dos últimos encontros e evitar golos sofridos no Restelo: "Não queremos sofrer, mas recordo que, em dois jogos contra uma equipa como o Borussia Dortmund, só sofremos dois. O terceiro foi ilegal. Penso que se deu pouco relevo a isso".

Na convocatória portista, merece destaque o regresso às opções de Alberto Bueno, depois de dois meses de paragem devido a lesão. Em relação ao jogo anterior da Liga Europa, entra também o jovem central Chidozie. Eis a lista: Casillas, Helton, Maxi, Marcano, Chidozie, Ángel, Danilo, Rúben Neves, Herrera, Sérgio Oliveira, Evandro, André André, Corona, Brahimi, Marega, Varela, Suk, Bueno e Aboubakar.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado