Futebol

Aboubakar: "Disse que não queria voltar, porque não queria partir"

Aboubakar: "Disse que não queria voltar, porque não queria partir"

No final do jogo frente ao Tondela, que o F.C. Porto venceu com golo de Aboubakar, o camaronês esclareceu as declarações sobre não querer voltar ao Dragão.

Aboubakar foi, este domingo, decisivo ao marcar o golo que deu a vitória (1-0) aos dragões frente ao Tondela, no Estádio João Cardoso. No final da partida, o jogador dos azuis e brancos mostrou-se feliz por mais uma vitória e esclareceu as declarações de que não queria voltar ao F.C. Porto.

"É verdade que disse que não queria voltar, porque eu não queria partir e acho que não merecia sair do F.C. Porto. Saí por muitas coisas, mas hoje estou de volta e a maneira como as pessoas me têm tratado é muito, muito positiva. Tudo mudou depois de falar com os responsáveis do F.C. Porto. Estou feliz, estou contente e sinto-me bem. O importante é o bem-estar do grupo, fizemos as coisas para que isso estivesse acima de tudo, e foi isso que me permitiu ficar aqui", esclareceu o jogador.

Relativamente ao golo que marcou e deu os três pontos à equipa de Sérgio Conceição, Aboubakar mostrou-se feliz mas preferiu enaltecer o trabalho coletivo. "Estou contente pelo golo, mas o importante é o coletivo. De todos os jogos que tivemos este foi o mais difícil. Foi preciso sofrer para ganhar. No fim, esperamos poder festejar o título de campeões nacionais", completou o avançado.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM