Desporto

F.C. Porto assume o topo da hierarquia nacional de troféus

F.C. Porto assume o topo da hierarquia nacional de troféus

A vitória obtida, este domingo, na final da Taça de Portugal, com uma goleada por 6-2 sobre o Vitória de Guimarães, permitiu ao F.C. Porto marcar uma viragem no futebol nacional, tornando-se no clube com mais troféus conquistados.

Poucos dias depois da conquista da Liga Europa, o FC Porto arrebatou hoje no Estádio Nacional, em Oeiras, o seu 69.º troféu, o que fez com que os "dragões" superassem o "rival" Benfica, que iniciou a actual temporada com mais dois troféus do que os portistas (67 contra 65).

A Supertaça, no início da época, reduziu a diferença para a margem mínima, que seria anulada com a conquista do 25.º título de campeão nacional, precisamente numa partida frente ao Benfica, em pleno Estádio da Luz.

Sem possibilidades de chegar ao título, as "águias" viraram-se para a Taça de Portugal, mas também aqui imperou a força do "dragão", que recuperou de uma desvantagem de dois golos (3-1) e apurou-se para a final, impedindo que os benfiquistas sonhassem com nova conquista.

Com as contas ainda empatadas, seria o triunfo na Taça da Liga, com o Paços de Ferreira (2-1), a recolocar o Benfica na liderança da hierarquia, mas o quinto troféu europeu e sétimo internacional do FC Porto, na final portuguesa de Dublin, frente ao Sporting de Braga (1-0), voltou a empatar a disputa.

A vitória na final da Taça de Portugal marcou uma viragem no futebol nacional e o início da próxima época poderá dilatar a liderança dos "dragões", que têm presença assegurada nas Supertaças portuguesa, novamente diante do Vitória de Guimarães, e europeia, frente a FC Barcelona ou Manchester United.

Apesar de ter sido a antecâmara da Taça dos Campeões Europeus, a Taça Latina, conquistada pelos "encarnados", em 1949/50, ficou de fora desta contabilidade por não ser considerada uma competição oficial.

No século XXI, o FC Porto soma 23 troféus conquistados, que fazem dos "dragões" o clube dos 30 primeiros países do "ranking" da UEFA com mais títulos, enquanto o Benfica somou apenas sete.

Desde 2001, os "dragões" já conquistaram sete Ligas, seis Taças de Portugal, seis Supertaças Cândido de Oliveira, uma Liga dos Campeões, uma Taça UEFA, uma Liga Europa e uma Taça Intercontinental.

Nos primeiros 11 anos do século XXI, o Benfica venceu duas Ligas, uma Taça de Portugal, três Taças da Liga e uma Supertaça.

BENFICA:

- Taça dos Campeões Europeus: 2 (1960/61 e 1961/62).

- Campeonato Nacional: 32 (1935/36, 1936/37, 1937/38, 1941/42, 1942/43, 1944/45, 1949/50, 1954/55, 1956/57, 1959/60, 1960/61, 1962/63, 1963/64, 1964/65, 1966/67, 1967/78, 1968/69, 1970/71, 1971/72, 1972/73, 1974/75, 1975/76, 1976/77, 1980/81, 1982/83, 1983/84, 1986/87, 1988/89, 1990/91, 1993/94, 2004/05 e 2009/10).

- Taça de Portugal: 24 (1939/40, 1942/43, 1943/44, 1948/49, 1950/51, 1951/52, 1952/53, 1954/55, 1956/57, 1958/59, 1961/62, 1963/64, 1968/69, 1969/70, 1971/72, 1979/80, 1980/81, 1982/83, 1984/85, 1985/86, 1986/87, 1992/93, 1995/96 e 2003/04).

- Taça da Liga: 3 (2008/09, 2009/10 e 2010/11).

- Supertaça: 4 (1979/80, 1984/85, 1988/89 e 2004/05).

- Campeonato de Portugal: 3 (1929/30, 1930/31 e 1934/35).

F.C. PORTO:

- Taça dos Campeões Europeus: 2 (1986/87 e 03/04).

- Taça UEFA: 1 (2002/03).

- Liga Europa: 1 (2010/11).

- Taça Intercontinental: 2 (1987/88 e 04/05).

- Supertaça Europeia: 1 (1987/88).

- Campeonato nacional: 25 (1934/35, 1938/39, 1939/40, 1955/56, 1958/59, 1977/78, 1978/79, 1984/85, 1985/86, 1987/88, 1989/90, 1991/92, 1992/93, 1994/95, 1995/96, 1996/97, 1997/98, 1998/99, 2002/03, 2003/04, 2005/06, 2006/07, 2007/08, 2008/09 e 2010/11).

- Taça de Portugal: 16 (1955/56, 1957/58, 1967/68, 1976/77, 1983/84, 1987/88, 1990/91, 1993/94, 1997/98, 1999/00, 2000/01, 2002/03, 2005/06, 2008/09, 2009/10 e 2010/11).

- Supertaça: 17 (1980/81, 1982/83, 1983/84, 1985/86, 1989/90, 1990/91, 1992/93, 1993/94, 1995/96, 1997/98, 1998/99, 2000/01, 2002/03, 2003/04, 2005/06, 2008/09 e 2009/10).

- Campeonato de Portugal: 4 (1921/22, 1924/25, 1931/32 e 1936/37).

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado