Desporto

Jogo entre Vila FC e Canelas 2010 em risco

Jogo entre Vila FC e Canelas 2010 em risco

A realização do jogo entre o Vila FC e o Canelas 2010, da Divisão de Honra da Associação Futebol do Porto, continua em risco, mesmo depois da reunião de terça-feira envolvendo clubes, associação e Câmara Municipal de Gaia.

Em causa, segundo o presidente do Vila FC, António Coelho, está o clima de intimidação, dentro e fora das quatro linhas, que envolve os jogos do Canelas 2010, que conta no seu plantel com alguns elementos dos Super Dragões, principal claque do F.C. Porto, entre os quais o líder Fernando Madureira.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, o presidente a Associação de Futebol do Porto, Lourenço Pinto, e vários dirigentes de diversos clubes de Gaia estiverem reunidos para tentar encontrar soluções de diálogo para que o futebol seja um exemplo de civismo.

O autarca de Vila Nova de Gaia esclareceu, em declarações à agência Lusa, que esse foi o ponto principal desta reunião, admitindo, no entanto, que ainda há algum caminho a percorrer.

"Todos os clubes de Vila Nova de Gaia têm formação desportiva, formação essa que é apoiada pela câmara. E o pior exemplo que se pode dar é não se ser exemplar dentro de campo. Tem de haver um sentido de responsabilidade por parte dos clubes para que isso aconteça", começou por explicar Eduardo Vítor Rodrigues.

O presidente referiu ainda que a questão do jogo da 22.ª jornada Divisão de Honra da AF Porto entre o Vila FC e o Canelas 2010, no próximo fim de semana, foi abordada e que se mantém "a forte probabilidade de não se realizar".

"Nas próximas horas, o presidente do Vila FC vai decidir se a equipa vai ou não comparecer ao jogo. No entanto, foram garantidas, por parte da AF Porto, todas as condições de segurança para que o jogo se realiza. O presidente da AF Porto disse mesmo que ele próprio estaria presente no jogo. Mas agora cabe ao clube decidir o que fazer", disse ainda.

Eduardo Vítor Rodrigues deixou ainda a garantia de que, "no prazo de 15 dias, vão voltar a reunir-se para que se tente definir um memorando de algumas medidas de compromisso para a pacificação dos clubes".

Esta época, Lavrense e Balasar, em jogos da 17.ª e 20.ª jornada, também optaram por faltar os respetivos jogos com o Canelas 2010, líder do campeonato, com 14 pontos de avanço sobre o segundado classificado, o Gondim-Maia. Em épocas anteriores, Leça do Balio e Arcozelo optaram por faltar ao jogo com o Canelas 2010.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado