Dinheiro Vivo

Há 20 mil casos de propinas em atraso em quatro universidades

Há 20 mil casos de propinas em atraso em quatro universidades

Só Universidade de Coimbra conta com 16 mil casos de pagamentos em atraso. Propinas valem 17% das receitas totais.

A Universidade de Coimbra conta com um total de 16 413 estudantes com propinas em atraso, número que contabiliza casos desde o ano letivo de 2008/09, muitos dos quais já nem serão estudantes da instituição. A estes, devem juntar-se mais 1321 casos de estudantes com propinas em atraso no Instituto Politécnico de Portalegre, valor acumulado desde o mesmo ano, outros 487 na Universidade dos Açores e perto de mil no Politécnico de Viseu, estes últimos referentes aos anos letivos mais recentes.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado