Novo Banco

Rescisões no Novo banco já começaram

Rescisões no Novo banco já começaram

"As pessoas sentiam-se ovelhas a ser chamadas para um matadouro", lamentou Rute Pires, da Comissão de Trabalhadores do Novo Banco, sobre o processo de rescisões.

A Comissão Nacional de Trabalhadores do Novo Banco revelou esta quinta-feira que mais de 500 pessoas já foram chamadas para reunir na terça e na quarta-feira com responsáveis dos recursos humanos para conhecerem as condições da rescisão de contrato.

Segundo a responsável, estas reuniões decorreram desde as 9 horas às 23 horas, nos dois dias, e os trabalhadores têm que dar uma resposta à administração sobre a proposta para a rescisão por mútuo acordo do contrato de trabalho até aos dias 22 e 23 de março e a cessação do contrato dos trabalhadores que aceitem as condições oferecidas pela administração é a 30 de abril.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado