greve

ANA alerta para atrasos nos aeroportos devido à greve no SEF

ANA alerta para atrasos nos aeroportos devido à greve no SEF

A ANA alertou, esta quinta-feira, que a greve dos funcionários do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras pode atrasar o normal funcionamento dos aeroportos e recomendou aos passageiros para que cumpram "escrupulosamente" os horários indicados pelas companhias aéreas.

Considerando o pré-aviso de greve para os próximos dias 23, 24 e 25 de novembro, a ANA - Aeroportos de Portugal "informa que o normal fluxo de passageiros nos aeroportos nacionais, para destinos intercontinentais e não-Schengen, pode vir a ser afetado durante este período", avisou a concessionário em comunicado.

Numa tentativa de minimizar o impacto da paralisação, a ANA recomenda aos passageiros que "cumpram escrupulosamente os horários de chegada aos aeroportos indicados pelas companhias aéreas".

Recomenda igualmente aqueles que, "sendo portadores de cartão de cidadão (nacionalidade Portuguesa) ou de passaporte eletrónico utilizem preferencialmente as máquinas de controlo automático à passagem pela fronteira".

Os inspetores do SEF iniciaram, esta quinta-feira, um período de greve de quatro dias, paralisação que vai afetar sobretudo a fiscalização nas fronteiras portuguesas, apesar de estarem garantidos os serviços mínimos, segundo o sindicato que representa estes profissionais.

A greve, que abrange os funcionários de investigação e fiscalização a trabalhar nos departamentos do SEF, coincide com a manifestação nacional dos profissionais das forças e serviços de segurança, que vai decorrer em Lisboa, contra os cortes previstos no Orçamento do Estado para 2014.

Os restantes três dias de paralisação, entre sábado e segunda-feira, vão decorrer nos aeroportos, portos marítimos e centros de cooperação policial e aduaneira (CCPA).

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM